quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Saudade



Saudade é mar sem fim de águas serenas
onde voga o escaler do pensamento,
trazendo causas para novas penas,
a quem já vive em negro desalento...

Saudade é véu que tímidas falenas
queimam, na noite atroz do isolamento,
para o ébrio de luz banhar-se apenas
na tepidez dos risos de um momento...

Saudade é espelho da alma, onde, piedosa,
a lembrança reflecte, em negro, ou rosa,
as imagens que, longe, vão ficando.

É um relógio perdido e retardado
- Mas, quem não sente que ele vai marcando
os diversos minutos do passado?

Francisco Fernando da Costa Andrade

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

O Poema original - Poema de Ary dos Santos



Original é o poeta
que se origina a si mesmo
que numa sílaba é seta
noutra pasmo ou cataclismo
o que se atira ao poema
como se fosse ao abismo
e faz um filho às palavras
na cama do romantismo.
Original é o poeta
capaz de escrever em sismo.

Original é o poeta
de origem clara e comum
que sendo de toda a parte
não é de lugar algum.
O que gera a própria arte
na força de ser só um
por todos a quem a sorte
faz devorar em jejum.
Original é o poeta
que de todos for só um.

Original é o poeta
expulso do paraíso
por saber compreender
o que é o choro e o riso;
aquele que desce à rua
bebe copos quebra nozes
e ferra em quem tem juízo
versos brancos e ferozes.
Original é o poeta
que é gato de sete vozes.

Original é o poeta
que chega ao despudor
de escrever todos os dias
como se fizesse amor.

Esse que despe a poesia
como se fosse mulher
e nela emprenha a alegria
de ser um homem qualquer.


Ary dos Santos, in 'Resumo'



terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Jantar de ANIVERSÁRIO no Mini Bar


No aniversário do Pedro ele pediu para irmos jantar num dos Restaurantes do Chefe José Avillez.

O restaurante que escolhemos foi o Mini Bar.


 Localiza-se no Teatro de S. Luiz no Chiado, é um espaço muito agradável e o pessoal super atencioso.




Uma bebidinha enquanto esperávamos o jantar ....




Apresento alguns dos deliciosos pratos do nosso menu de degustação que tivemos o prazer de saborear.









Como o Pedro era aniversariante e tanto ele como a Diana gostavam muito de conhecer o chefe Avillez, pedimos se isso seria possível e o Chefe teve a amabilidade de vir até à nossa mesa.




No final tiveram ainda a gentileza de trazer uma fatia de bolo com uma vela para cantarmos os parabéns ao Pedro.




Foi um jantar diferente e muitissimo agradável, recomendo vivamente uma visita a este excelente espaço, cheio de surpresas gastronomicas.


domingo, 19 de Outubro de 2014

Garden of Cosmic Speculation



O Jardim Cosmic Speculation (Especulação Cósmica) é um jardim com 12 hectares criado pelo arquitecto e teórico paisagista Charles Jencks , na sua propriedade, Portrack House, perto de Dumfries no Sudoeste da Escócia.


Foto: wallpaper_lostininternet.com

Foto: transitionconsciousness.wordpress.com

Foto: www.mynaturewallpapers.com

Foto: www.amusingplanet.com


O jardim é inspirado pela ciência e matemática, com esculturas e paisagismo sobre estes temas , tais como Buracos Negros e Fractais.


Foto: transitionconsciousness.wordpress.com

Foto: wallpaper_lostininternet.com

Foto: wallpaper_lostininternet.com

Foto: www.mynaturewallpapers.com

Foto: www.mynaturewallpapers.com


O jardim não é abundante em plantas, mas define fórmulas matemáticas num ambiente que combina elegância e recursos naturais.

Foto: wallpaper_lostininternet.com

Foto: wallpaper_lostininternet.com

Foto: wikipedia_Wfm

Foto: www.mynaturewallpapers.com


É um jardim privado, mas abre normalmente no primeiro dia de cada ano através Gardens Scheme da Escócia e o dinheiro das entradas reveste para o “Maggie's Centres”, uma instituição de caridade de tratamento de cancro em homenagem a Maggie Keswick Jencks, a falecida esposa de Charles Jencks.


Foto: www.amusingplanet.com

Foto: www.amusingplanet.com

Foto: www.amusingplanet.com

Foto: wikipedia_Flexdream

Foto: www.mynaturewallpapers.com


Para ver mais informações visite o site pessoal de : "Charles Jencks"


Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.mynaturewallpapers.com/2013/10/garden-of-cosmic-speculation-wallpapers.html; http://www.amusingplanet.com; transitionconsciousness.wordpress.com; outros net

As mãos que dizem adeus ...




As mãos que dizem adeus são pássaros
Que vão morrendo lentamente...



Mário Quintana

sexta-feira, 17 de Outubro de 2014

Mensagem das Rosas - Paulo Roberto Gaefke

A vida sempre oferece duas opções,
se não há uma segunda porta,
pode apostar que existe uma janela,
ou um telhado que se possa abrir.

Por isso, você pode contemplar uma rosa,
sentir seu perfume inigualável,
perder-se com a beleza das cores,
e deixar-se levar pela magia das flores.
Ou sentir o espinho e reclamar da dor,
lamentar as folhas arrancadas.

Pode chorar por não ter recebido mais rosas,
ou ainda hoje, oferecer uma para alguém...

Você pode olhar o mar e se encantar,
sentir a água salgada refrescar a pele,
a força das ondas limpar as energias,
deliciar-se com o alimento que vem do mar
que pode ainda hoje, saciar a sua fome.
Ou pode lembrar da Tsunami que matou milhares,
das tempestades que afundam navios,
dos que morreram afogados...

Diante do Sol pode se aquecer,
lembrar que a vida não existe sem ele,
passear sem compromisso, tomar um sorvete,
ou olhar a terra seca, pensar no deserto,
chorar diante da semente que morreu,
lamentar o fruto que não floresceu.

Assim é a sua vida,
cheia de motivos para comemorar,
a saúde que não ligamos, até cairmos doentes,
a paz que temos, até que alguém nos rouba,
o amor que nos une, até que nos separamos,
a família que nos liga, até que nos distanciamos,
a humildade que queremos ter, até que o orgulho nos cegue,
o emprego que nos sustenta, até que o demissão nos atinge.

Mesmo diante da noite mais escura,
podemos acender um mísero fósforo e iluminar a rua.

Diante da dor mais profunda,
podemos confortar com um gesto, uma palavra.

Perto do fim, podemos encontrar o nosso começo,
e onde tudo parecer impossível,
nos resta o encontro divino com a fé,
onde Deus, que habita em nós, responde,
Filho, Eu estou aqui,
Eu sou o Amor.

Duas escolhas, sempre,
que o amor seja sempre a sua primeira escolha.


Autor: Paulo Roberto Gaefke - www.meuanjo.com.br


quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Prímulas



As prímulas são flores lindas, de cores vivas e delicadamente perfumadas.


Foto: wikipedia_Enrico Blasutto


São amplamente cultivadas desde à muitas centenas de anos. A Primula L. é um género botânico constituído por 400 a 500 espécies, da família Primulaceae. Muitas destas espécies são cultivadas para uso das suas flores como ornamento, sendo conhecidas vulgarmente por «prímulas». Como algumas espécies surgem logo no ínicio da primavera a prímula recebeu o seu nome em inglês, "primrose", que sugere "primeira rosa".


Foto: wikipedia_André Karwath aka

Foto: wikipedia_tom

Foto: www-1zoom.net


De acordo com a côr da flôr elas representam o equilíbrio, pureza, juventude e objetividade.


Foto: wikipedia_Pryma

Foto: wikipedia_KENPEI


Existem em diversas cores como o branco, amarelo, laranja, vermelho, roxo ou o violeta, podendo ser simples ou dobradas.


Foto: wikipedia-Prolec

Foto: wikipedia_4028mdk09

Foto: wikipedia_BerndH


As prímulas podem ser utilizadas no jardim em canteiros e bordaduras ou decorando ambientes internos, em locais próximos de janelas, onde recebam luz filtrada.


Foto: wikipedia_Ghislain118

Foto: www-1zoom.net

Foto: www-1zoom.net


Solo: Deve ser fértil, bem drenável e enriquecido com matéria orgânica.

Regas: Regar abundantemente mas tendo em conta que as prímulas necessitam de solo húmido, mas não encharcado.


Foto: wikipedia_Vihljun

Foto: wikipedia_Karduelis


Luz e Temperatura: Devem ser cultivadas sob meia-sombra. Em interiores os vasos devem ser colocados em locais que recebam luz solar filtrada mas não devem apanhar raios solares diretos. Não toleram ar condicionado ou geadas.


Foto: www-1zoom.net

Foto: wikipedia_harp


Para se prolongar o periodo de floração deve-se ir cortando as flores que murcham. Após o florescimento as suas próximas florações dificilmente serão tão espectaculares como a primeira.

São flores graciosas parecendo lindos bouquês. Elas são plenas de charme e deixam o local onde se encontram sempre belo e elegante.


Foto: wikipedia_André Karwath aka


Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.mundodeflores.com/; http://www.loja.jardicentro.pt/; http://en.wikipedia.org/; http://www.floresnaweb.com/; http://www.mundodeflores.com/; http://flores.culturamix.com/; http://www.jardimdeflores.com.br/; http://www.jardineiro.net/; www-1zoom.net; outros net.


Foto: www-1zoom.net


"Se tu amas uma flor que se acha numa estrela, é doce, de noite, olhar o céu. Todas as estrelas estão floridas." (Antoine de Saint-Exupéry)