domingo, 10 de setembro de 2017

🌺 Amaryllis belladonna




Com lindas e perfumadas flores de cor rosa, a Amaryllis belladonna é um género botânico pertencente à família Amaryllidaceae.





Originária da África do Sul, é conhecida entre outros nomes comuns por beladona-falsa, meninas-pra-escola ou Sogras e Noras.




É uma planta herbácea, bolbosa, desenvolve-se a partir de um bolbo arredondado, semelhante a uma cebola, de 5 a 10 cm de diâmetro, revestido por escamas acastanhadas. O bolbo instala-se próximo da superfície do solo e apresenta taxa de crescimento moderada, mantendo-se activo durante múltiplos anos.





As folhas são simples, de coloração verde a verde-escuro, baças, lineares a sublanceoladas, paralelinervadas, com 30 a 50 cm de comprimento e 2 a 3 cm de largura, com desenvolvimento basípeto, agrupadas em duas filas opostas. As folhas surgem Março e mantêm-se alguns meses sem flor, depois secam o que marca a entrada em dormência do bolbo . A partir de Setembro surge uma haste com a linda e aromática flor da Amaryllis que nasce sem a planta ter uma única folha. 





As flores perfumadas são vistosas, têm o formato de sinos e aparecem sazonalmente, logo após as primeiras chuvas e antes das folhas, em hastes entre os 50-60 cm de cor castanho-avermelhado brilhante. Cada inflorescência pode conter de 2 a 12 flores e tende a orientar-se na direcção em que recebe mais iluminação solar. Têm até 10 cm de comprimento e corola com 8 cm de diâmetro, exibindo-se em cores pálidas, inicialmente tendendo para o rosa-claro, escurecem para o rosa-escuro ou vermelho com o envelhecimento.






A flor emite um odor agradável, mais intenso ao anoitecer. As flores são hermafroditas, com os 6 estames e estilete fortemente encurvados para cima. 





Não sendo uma planta muito exigente , gosta de semi-sombra também apreciando o sol pleno, é muito resistente à secura, permanecendo dormente até a humidade no solo permitir o seu desenvolvimento.





Podem ser utilizadas em bordaduras, maciços, vasos ou jardineiras. A sua delicadeza e as cores suaves de suas flores trazem paz e sofisticação ao jardim.






Atenção: Todas as partes da planta contêm alcalóides tóxicos, sendo que a maior concentração ocorre no bolbo e nas sementes.





Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais

23 comentários:

  1. Oi Maria!Lindas flores...de um rosa tão suave...Tenha um ótimo domingo!Beijinhos,Maristella.

    ResponderEliminar
  2. Lindas fotos, lindas flores! Bom domingo! Abraços.

    ResponderEliminar
  3. Na minha terra essa flor chama-se a "naakte begijn( freira nua)
    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Maria
    Cada post teu é uma verdadeira lição que se retém bem, pelo modo simples de apresentar. Gostei muito, mais uma vez. Desta fica o conhecimento da flor Amaryllis belladonna uma beleza campestre.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Linda partilha querida amiga ,muitos beijinhos no coração ,desejo-lhe um abençoado domingo .

    ResponderEliminar
  6. Muito bem adorei a postagem,como sempre.

    Feliz Domingo
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. São maravilhosas!
    Não as tenho mas gostaria!
    Belos olhares ... bj

    ResponderEliminar
  8. Excelentes fotos muito bem ilustradas, pelo texto.
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Belíssima postagem para alegrar e embelezar nosso domingo!
    Beijos e um domingo bem feliz!

    ResponderEliminar
  10. Essa flor é lindíssima e tão delicada!

    ResponderEliminar
  11. Como são lindas as Amarílis.
    Bjs Maria Rodrigues.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  12. Maria, linda Maria,
    Tu és uma entre elas!
    Entre vermelha-amarelas
    Cores, tua face eu via.

    Meus respeitos! Pediria
    Desculpas e paralelas
    Retratações! São singelas
    Orações à poesia.

    Parabéns! São flores lindas!
    Sempre amadas e bem-vindas
    Por bela imagem, à visão.

    Tua postagem revela
    A tua alma tão bela,
    E o fraterno coração.

    Parabéns! Cordialmente. Laerte.

    ResponderEliminar
  13. Flores e mais flores,
    quantas mais melhor
    lindas as suas cores
    agradam seja a quem for!

    Tenha uma boa noite amiga Maria, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  14. Querida Maria
    Eu já sabia que duravam muitos anos, porque existem, na aldeia, em casa dos meus pais, desde que me conheço.São lindas e perfumadas!
    Gostei de saber tudo sobre elas.
    Não dão trabalho nenhum a cuidar, mesmo que nos ausentemos por muito tempo.
    Obrigada por partilhar.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  15. Olá Maria,
    Flores maravilhosas, tanto em beleza como em formato, aqui no Brasil usa-se a tintra de Beladona para curar várias doenças, é é muito eficiente.
    Tenha uma ótima semana.
    Bjss@

    ResponderEliminar
  16. são lindas e há muitas no quintal dos meus pais. Não sabia era o seu nome.

    ResponderEliminar
  17. Lindíssima, suave e muito fina essa flor.
    Magnífica partilha.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  18. Maria
    as fotos estão um espanto e uma delicia para o olhar.
    Conheço a flor, mas por um outro nome.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  19. Uma flor que publiquei há alguns dias atrás!...
    Adorei ver estes tufos de flores! Aqui por estes lados, também se encontram em floração, e tirei algumas fotos!
    Mas dá-me a sensação que é uma planta tão delicada, quanto perigosa... mas fiquei com alguma dúvida em relação ao seu grau de perigosidade, porque li num artigo, que não deve ser confundida, com a verdadeira beladona... e quis-me parecer que se referiam ao seu grau de toxicidade...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  20. São daquelas flores lindas, que parecem emitir luz de dentro.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.