domingo, 30 de julho de 2017

No Banco do jardim





No Banco de jardim
o tempo se desfaz
e resta entre ruídos
a corola de paz.
No banco do jardim.
a sombra se adelgaça
e entre besouro e concha
de segredo, o anjo passa.
No banco de jardim,
o cosmo se resume
em serena parábola,
impressentido lume.



Carlos Drummond de Andrade
In ‘Poesia Completa’





16 comentários:

  1. Uma delícia seria sentar nesse banco lendo um livro.

    ResponderEliminar
  2. Além no banco daquele jardim,
    nem uma pessoa lá vejo sentada
    porque melhor do que esta assim
    outra vida não será encontrada?

    Tenha um bom dia de domingo amiga Maria, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  3. Querida, Carlos Drummond de Andrade é o máximo dos poetas, sou fã, bela escolha.
    Deixo os linques dos meus blogs para quem desejar seguir, ficarei muito grata.
    Tenha uma tarde feliz e um anoitecer de paz. Abraços da amiga Lourdes Duarte.
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Maravilhosa partilha querida amiga ,desejo-lhe uma semana muito feliz ,beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria!
    Poesia muito linda, ficou ainda mais bela acompanhada por essa foto maravilhosa...
    Um beijo e tenha uma ótima semana!

    ResponderEliminar
  6. No banco deste jardim florescem sentimentos puros e esperança reinante!! Adore os versos!
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  7. Que bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Minha amiga querida.
    Venho agradecer seu carinho mesmo sentindo
    q estou distante , mas jamais esquecerei sua generosa amizade
    e bondade do seu coração.
    Guardo com muito carinho sua fotografia com mu livro nas mãos
    estou lutando bravamente quem sabe no próximo ano
    sairá o segundo é meu sonho .
    Uma abençoada semana.
    Adorei o poema tão bem escolhido
    Carlos Drummond de Andrade .
    Um carinhoso abraço.
    Sua amiga sempre.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  9. Gostei muito!!


    Beijo e uma excelente semana

    ResponderEliminar
  10. Maria, minha amiga, sentei-me no banco do seu jardim, para apreciar os seus olhares e agradecer pela sua amizade e belezas compartilhadas.
    Um beijo, um abraço e o desejo de uma ótima e proveitosa semana.

    ResponderEliminar
  11. Muito pode acontecer em um banco de jardim que também me serve para convida-la a estar conosco na www.hellowebradio.com ... vem!
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  12. Versos profundos, suaves e belos, Maria.
    Uma boa semana e obrigada pelo carinho por lá...
    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Que postagem linda, Maria!
    VALEU!!!

    BJK
    JAN

    ResponderEliminar
  14. Muito lindo, passo belas momentos em um banco de jardim... boa semana !

    ResponderEliminar
  15. Bom dia amiga Maria, um jardim que parece um mundo encantado, é mesmo um elo convite para ler o grande Drumond. Parabéns pela escolha dos exuberantes versos.
    Tenha uma o´tima semana.
    Bjss!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.