sexta-feira, 7 de abril de 2017

Desconhecido - Poema de Guimarães Rosa





Sou o pensamento
O vento soprando forte
O barco da sorte
O sorriso da alegria
A força da magia
A dor do fraco
O segredo do forte
O medo da vida.


Guimarães Rosa






13 comentários:

  1. Linda partilha querida amiga, desejo-lhe uma sexta-feira muito feliz beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Poema profundo de um grande escritor!
    Um bom fim de semana, Maria... Muita paz!

    ResponderEliminar
  3. Muito bacana, amei... eu sou o medo da vida!

    belo dia!

    ResponderEliminar
  4. Por vezes é tão bom sermos desconhecidos!!!!
    Lindo poema Maria
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Boa noite Maria,
    Magnífico poema. A poesia de Guimarães Rosa é muito bela.
    Um beijinho e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  6. Grande poeta.
    Uma escolha muito boa.
    Bom fim de semana, amiga Maria.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. Olá Maria.
    Nem sabia que Guimarães Rosa escrevia poesia.
    Só conheço um livro dele que nem terminei de ler.

    ResponderEliminar
  8. Oi Maria!

    Belo poema!
    Uma ótima semana pra você!

    Abraços, Iris

    ResponderEliminar
  9. Um belo poema, de um autor que aprecio imenso... E que de facto, desconhecia... :-D
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.