sábado, 8 de abril de 2017

✿ Chorão-das-praias - Linda mas Invasora




São nativos da região do Cabo, na África do Sul. Em regiões com clima semelhante, como o Mediterrâneo e partes da Austrália e Califórnia, escapou ao controle humano e tornou-se uma espécie invasora. 






O seu nome cientifíco é carpobrotus edulis, faz parte da família Aizoaceae que por sua vez pertence à ordem Caryophyllales que possui cerca de 2500 espécies, distribuídas em 130 géneros. 





O Chorão-das-praias, é um planta rastejante, com longos caules escamosos que podem atingir vários metros de comprimento, enraizando nos nodos. 






As folhas são carnudas, com ângulo dorsal serrilhado, de 40 a 80 mm de comprimento e de 8 a 17 mm de largura, secção triangular (formando um triângulo aproximadamente equilátero quando seccionadas perpendicularmente ao seu eixo principal) e ápice aguçado, verdes brilhantes quando jovens, com laivos avermelhados quando envelhecidas, principalmente ao longo dos rebordos.




As flores são vistosas, têm estaminódios semelhantes a pétalas e a sua cor pode ser amarelo ou rosa. Os estames são numerosos (400 a 600), amarelos, agrupados em séries de 6 ou 7 unidades.






Texto explicativo: Wikipedia

Fotos: Pessoais

19 comentários:

  1. Aqui nas praias temos muito dessas florzinhas, bela!

    bj

    ResponderEliminar
  2. De facto, são belíssimas! As imagens dão ao mesmo tempo uma visão limitada mas belíssima de um campo dessas flores. Não sei se é a mesma que percebi, de longe, em uma parte do litoral do Rio de Janeiro, certa vez. Belíssimo. Un abbraccio

    ResponderEliminar
  3. Riquíssima partilha querida amiga ,desejo-lhe um sábado muito feliz ,beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Apesar de invasoras são lindas de verdade e pensando bem, invasão de flores faz até bem,rs... Lindo fds! bjs, chica

    ResponderEliminar
  5. Gosto imenso das flores, criam paisagens lindas.
    Beijinho, bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  6. Sinceramente adoro estas plantas, bem como, as suas flores

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. Eu os vi e ela mesma, no Mar Mediterrâneo. Eu gosto dessas flores, mesmo que eles são invasivos, porque eles criam belos tapetes na praia. Saudações.

    ResponderEliminar
  8. Maria
    Encantado por me ser dado por aqui saber mais da planta "chorão". Estava longe de que fosse originário de África, porquanto a planta é endémica da zona onde nasci, Peniche. Ai tem a muito a função de prender areias. Existe bem visível na beira-mar e até a bordejar a estradas na zona do oeste.
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Que lindas... a natureza é tao perfeita...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  10. Pena que são invasoras,mas são lindas.
    Bjs Maria Rodrigues.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  11. Que lindas, mas como dizes, são invasoras!
    Que fotos maravilhosas, amei ver!
    Abraços amiga Maria!

    ResponderEliminar
  12. Olá Maria
    Eu peguei um mudinha na praia e quando fui conferir percebi que não era
    este que voce mostra, eu queria este aí, mesmo sendo invasora esta danada é bonita.]
    Bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. há imensas destas e de outras plantas invasoras
    são belas, como belas são as fotos
    demonstativas.
    um abraço

    ResponderEliminar
  14. Nasci rodeada destas plantas. Aqui chamamo-as de chorões.
    Na altura apanhavamos os pequenos caules e com as folhas faziamos nos muros brancos a nosa tela. claro que depois tinhamos de fugir para não sermos apanhados :)
    Boa semana
    Pinta

    ResponderEliminar
  15. Porque será que se chamam chorões?
    Mesmo invasores gosto deles, eheh.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. São lindas, penso serem as mesmas flores que aqui no Brasil, damos o nome de onze-horas. Porém, não tenho certeza.
    Imagens lindas, Maria.

    ResponderEliminar
  17. Um post maravilhoso... com imagens formidáveis, de um lugar que me é muito familiar!...
    Adorei, Maria!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.