terça-feira, 7 de março de 2017

JANELAS e ARCOS dos MOSTEIRO de ALCOBAÇA




Já anteriormente falei do Mosteiro de Alcobaça (AQUI na minha visita) e (AQUI informações), um monumento notável e belo, uma das mais importantes abadias Cistercienses.

Hoje vamos apenas divagar o olhar pela harmonia e encanto das suas janelas.

JANELAS do passado
















Fotos: Pessoais

11 comentários:

  1. what GLORIOUS place !!!
    how marvelously you captured it .
    i got lost in its magnificent views friend!
    thank you for virtual visit.

    ResponderEliminar
  2. As fotos estão maravilhosas. O cenário ajuda muito mas nem sempre se consegue captar o melhor instante. Mas aqui de facto, estão excelentes os momentos captados. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. O marivilhoso mosteiro de Alcobaça é com toda razão uma fonte de grande orgulho para os cidadãos de Portugal .
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Belo e imponente mosteiro querida amiga ,muitos beijinhos felicidades.

    ResponderEliminar
  5. Un lugar lleno de paz espiritual. Me gusta mucho, Maria!
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  6. Uma série de imagens, lindíssima!
    Com enquadramentos fantásticos!
    Virei amanha, com tempo, apreciar mais uma série de postagens, que me escaparam ultimamente, nestas últimas semanas, em que estive mais ausente, aqui do seu cantinho, Maria...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  7. Boa Tarde, querida Maria!
    Gostaria muito de conhecer numa próxima ida aí... se Deus quiser!
    Amei os Mosteiros que conheci aí... são tão lindos e edificantes demais!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  8. Das postagens que tu crias, Maria, que eu mais gosto. Os detalhes! Adorei!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.