quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Solidão - Poema de Cecília Meireles




Imensas noites de inverno,
com frias montanhas mudas,
e o mar negro, mais eterno,
mais terrível, mais profundo.

Este rugido das águas
é uma tristeza sem forma:
sobe rochas, desce fráguas,
vem para o mundo, e retorna...

E a névoa desmancha os astros,
e o vento gira as areias:
nem pelo chão ficam rastros
nem, pelo silêncio, estrelas.

A noite fecha seus lábios
- terra e céu - guardado nome.
E os seus longos sonhos sábios
geram a vida dos homens.

Geram os olhos incertos,
por onde descem os rios
que andam nos campos abertos
da claridade do dia.

Cecília Meireles


20 comentários:

  1. Poema lindo, como tudo da Cecília! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  2. Bom dia
    Parabéns pela escolha! Poema Soberbo. Amei ler.
    Obrigada

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. É sempre um privilégio ler Cecília, uma das minhas poetisas preferidas.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito dos trabalhos da Cecília Meireles.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  5. Maravilhoso peoma ,desejo-lhe uma quinta-feira muito feliz beijinhos querida amiga

    ResponderEliminar
  6. Belissimo poema!
    Feliz 2017, paz, bjs.

    ResponderEliminar
  7. Maria, poema divino escolheu! Puro encantamento! bjs

    ResponderEliminar
  8. A solidão pesa , por vezes.Porém, prefiro estar só a mal acompanhada.

    Beijinhos com votos de feliz 2017 para si e quem desejar.

    ResponderEliminar
  9. Cecília Meireles como sempre, imbatível!
    Feliz 2017, Maria, beijos!

    ResponderEliminar
  10. Adoro esta poetisa cuja poesia é maravilhosa!!! Bj

    ResponderEliminar
  11. Os poemas da Cecília são para ler, reler, se encantar e se emocionar
    Grande poetisa que me fascina
    Um abraço
    Gegê

    ResponderEliminar
  12. Maria
    uma boa escolha, é sempre bom ler e reler Cecília Meireles.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  13. Mais um poema lindo da Cecília Meireles. Sou muito fã!
    Amiga, desejo tudo de muito maravilhoso nesse ano de 2017 P/VCS!
    Bjsss

    ResponderEliminar
  14. Olá Maria! Tenhas um belíssimo ano, é o nosso desejo com muito carinho.
    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  15. Olá Maria,
    Cecília é um dos grandes momentos da poesia brasileira em todos os tempos. Arrisco até dizer que se escrevesse em inglês seria uma poetisa de renome universal, pela profundidade e singeleza dos temas tratados, sempre algo relativo a condição humana, assim a poesia de Cecília pode ser sentida aqui ou no Burundi com a mesma intensidade e emoção.
    Portanto,foi uma ótima escolha para iniciar o ano.
    Grande beijo

    ResponderEliminar
  16. Lindo poema vou comentar
    imensas noites de inverno
    escrito nas ondas do mar
    nelas nadar eu não quero!

    Nos dias de inverno,
    a água está gelada
    longe do desespero
    alegria encontrada!

    Tenha uma boa noite amiga Maria, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  17. A solidão pode ser benéfica algumas vezes o que não pode é deixar que ela se instale de vez no nosso coração
    Fabulosa partilha Maria
    Beijokinhas

    ResponderEliminar
  18. Querida Maria,

    Preciosa partilha, a Cecilia Meireles é uma mestra da poesia,
    sou fã, adoro tudo que ela escreveu!...

    A imagem linda para o grande poema escolhido.

    A primeira semana de 2017 luminosa e o ano todo, querida!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  19. Olá Maria Lindo poema, gosto demais de ler Cecilia Meirelles, grata por compartilhar.

    ResponderEliminar
  20. Não conhecia...
    Gostei muito, assim como gosto de toda a obra de Cecília Meirelles.
    Beijinhos, Maria.
    ~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.