sábado, 27 de agosto de 2016

Desejo-te Tempo - Poema de Elli Michler





Não te desejo todos os bens do mundo,
Apenas te desejo aquilo de que gosto mais:
Desejo-te tempo – para sorrires, para rires.
Usa-o bem – podes vir a conseguir.

Desejo-te tempo para acções e pensamentos,
Não só para ti, mas também para os outros.
Desejo-te tempo, não para pressas e correrias,
Mas para te instalares, ai, onde pertences acima de tudo.

Desejo-te tempo, não para esbanjares,
Mas para teres e conservares, deixando algum de sobra
Para te emocionares perante a vida, para confiares no seu curso,
Em vez de seguires o ritmo inflexível das horas.

Desejo-te tempo para alcançares as estrelas
E tempo para cresceres, para seres quem és.
Desejo-te tempo para esperanças novas, para amares de novo.
Pois não adianta deixar esse tempo para depois.

Desejo-te tempo para te encontrares,
Para encher cada dia, cada hora, de alegria.
Desejo-te tempo para esqueceres o que precisas.
Desejo-te: tempo para viveres!


Elli Michler


3 comentários:

  1. O poema é o mais famoso poema de Elli Michler www.ellimichler.de. Elli Michler publicou 17 livros de poesia e uma breve autobiografia.
    Este poema também foi muitas vezes definida como música (em alemão).
    Este é o único poema de Elli Michler que foi traduzido para muitas línguas.


    Muitas saudações

    ResponderEliminar
  2. Um tempo que tantas vezes é tão escasso para tudo quanto queremos alcançar ,magnifico ,muitos beijinhos felici9dades

    ResponderEliminar
  3. O tempo tem sido meu amigo, e é isso que quero.
    Ele não é meu senhor, nem meu escravo. Apenas nos respeitamos.

    Esta poesia me fez refletir...

    Abração
    Jan

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.