terça-feira, 5 de julho de 2016

✿ Flores Silvestres - Trepadeira Azul Rocha - Convolvulus sabatius (blue rock bindweed)




De um azul forte as suas lindas flores tornam-se num tapete natural encantador.





São planta herbáceas perenes originários da Itália e do Norte de África. Pertencem à família Convolvulaceae, uma família de cerca de 60 géneros e mais de 1.650 espécies de trepadeiras na sua maioria herbáceas.






Ficam lindas a cobrir solos nos jardins, mas podem também ser cultivadas em canteiros ou vasos.





Texto explicativo: Wikipedia;
Fotos: Pessoais

9 comentários:

  1. São tão lindas! E é interessante como as flores silvestres se dão em terrenos secos, mas não em jarras :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Como a Natureza é tão bonita! Adoro esta cor. Obrigada pela partilha.

    Beijinhos e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Como eu amo as florzinhas silvestres!São lindas e mimosas!
    Uma ótima semana!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  4. Já conhecia ,são muito lindas querida amiga ,beijinhos muitas felicidades.

    ResponderEliminar
  5. As flores silvestres são muito bonitas, mas estas azuis são encantadoras!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Boa noite, querida Maria!
    São simples e bem bonitinhas... encnatam nossos passeios!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  7. Olá Amiga Maria embora eu já conheça essa flor não canso de admirá-la tanto pela cor, forma e simplicidade, parabéns pela escolha.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
  8. Olá Maria,
    As flores silvestres encantam pela simplicidade.
    Estas são especialmente lindas e delicadas. Adorei a tonalidade.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. Adorei estas! Nas traseiras da minha casa, existe uma versão em branco destas flores... desta cor, ainda não tinha visto...
    Bonitas imagens!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.