quarta-feira, 13 de julho de 2016

Belém - Passeando junto ao Rio e ao Centro de Investigação para o Desconhecido da Fundação Champalimaud




Do meu último passeio a Belém, já mostrei o Monumento aos Combatentes do Ultramar, a Capela e Memorial e hoje termino com um passeio junto ao rio e à Fundação Champalimaud. O dia estava lindo e o céu espetacular, como podem ver pelas fotografias.





Percorremos o passeio junto ao rio,  canas de pesca aguardavam que algum peixe mais incauto mordesse o isco....





Subimos para ir até à parte superior do Centro de Investigação para o Desconhecido da Fundação Champalimaud. Este Centro foi criado por testamento do empresário António de Sommer Champalimaud.





O Centro Champalimaud, tem por objetivo promover a investigação científica na área da biomedicina, desenvolvendo a sua atividade especialmente nas áreas das neurociências e do cancro. Está implantado numa área com cerca de 65.000 m2. É composto por três grandes áreas: O edificio principal, o edifício com espaços públicos e o anfiteatro ao ar livre.








No topo, junto aos dois grandes pilares num pequeno lago, uma gaivota tomava um banhinho...






As janelas sempre me fascinam ...







O Centro foi um projeto do arquiteto indiano Charles Correa, tendo sido João Pedro Fernandes Abreu e Paulo Daniel Amorim Teixeira, os arquitectos responsáveis.





O jardim Anna Sommer, uma homenagem à mãe do seu Fundador.





O Centro Champalimaud é um espaço muito agradável e tranquilo para se passear e um ponto de referência nacional e internacional na área da investigação. 




Para saber mais informações poderá visitar o seu site oficial " Fundação Champalimaud "




Espero que tenham gostado deste meu passeio.


9 comentários:

  1. Bom dia minha linda amiga, sempre pronta e atenta para nos mostrar as maravilhas do País, e não só...verdade é que sempre que se ausenta para fora de Portugal também nos trás lindas novidades.
    Não há dúvida alguma que é sempre um prazer maravilhoso que navego por tão lindo espaço...amiga `o nosso Portugal tem coisas tão lindas e aqui tão perto é só atravessar a porte 25 de Abril e estou neste sítio, mas aqui a preguiça fala mais alto, só pensar que tenho de ir à rua já fico a bater mal.
    O que me vale é o PC. Que é um mundo e assim vou estando informada, tenha um resto de boa semana com beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderEliminar
  2. Oi Maria!
    Que passeio maravilhoso e que belas fotos. Lindas lembranças vc vai ter no futuro. Parabéns!
    Bjssss amiga

    ResponderEliminar
  3. Claro que gostei do teu passeio e das fotos fantásticas que aqui nos deixas. Já conheço algumas coisas em Lisboa, mas infelizmente ainda não vistei essa importante fundação. Fiquei impressionada com a beleza do lugar e será uma vista obrigatória na minha próxima ida a Lisboa.Quem sabe não será ainda neste verão? Obrogada por nos dares a conhecer lugares tão bonitos. Beijinhos e fica bem
    Emilia

    ResponderEliminar
  4. Muito lindo ,um passeio que certamente tenho que fazer ,beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Maria, mostras tão lindas imagens de Portugal e comentários apropriados que dá vontade de aí estar...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Excelente reportagem fotográfica, que nos permitiu admirar este arrojado edificio e o meio envolvente!
    Adorei! As imagens estão fantásticas!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  7. De fato, Maria, o dia e céu estavam belíssimos. Adorei a foto com as três pequenas árvores. Uma graça a gaivota, uma ave que eu gosto muito. Achei o local lindo e muito tranquilo!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.