sábado, 7 de maio de 2016

Primavera - Poema de Olavo Bilac




Ah! quem nos dera que isto, como outrora,
Ainda nos comovesse! Ah! quem nos dera
Que ainda juntos pudéssemos agora
Ver o desabrochar da primavera!

Saíamos com os pássaros e a aurora.
E, no chão, sobre os troncos cheios de hera,
Sentavas-te sorrindo, de hora em hora:
"Beijemo-nos! amemo-nos! espera!"

E esse corpo de rosa reacendia,
E aos meus beijos de fogo palpitava,
Alquebrado de amor e de cansaço.

A alma da terra gorjeava e ria...
Nascia a primavera... E eu te levava,
Primavera de carne, pelo braço!



Olavo Bilac, in "Poesias"



14 comentários:

  1. Boa noite Maria Rodrigues.
    Belíssimo poema. Um feliz final de semana. Enorme abraço.

    ResponderEliminar
  2. Que estação deliciosa é a primavera. Principalmente quando o sol brilha ao céu azulado .
    braços

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso ,neste dia chuvoso onde a Primavera teima em não aparecer , desejo-lhe muitas alegrias ,beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Primavera poética...que faz florir belas palavras!...bj

    ResponderEliminar
  5. Muito bonito. Mas por aqui, a Primavera foi de férias e voltou o Inverno. Hoje está frio, e chuva.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Poema divino. Amei ler. Parabéns pela escolha!!

    Beijo e um feliz dia

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Que linda postagem, amei ler e ver amiga Maria!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  8. Oi Mria!
    Amo Olavo Bilac, e esta poesia é linda demais!
    Beijos, com carinho,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  9. Bom dia Maria.
    Lindo poema, vim lhe desejar um feliz dias das mães. Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Bonito poema de Olavo!

    Bom fim de semana Maria e um beijinho.

    ResponderEliminar
  11. A essência da Primavera...

    Um bom final de semana :)

    ResponderEliminar
  12. Muy hermoso poema, es tan linda la primavera la mejor estación del año.

    Un abrazo grande feliz domingo amiga.

    ResponderEliminar
  13. Olavo Bilac, lindissímo esse poema...adorei e a linda postagem tem seu encanto.

    Luísa Fernandes

    ResponderEliminar
  14. Poema lindíssimo!!!
    E mais um post sublime...
    Sempre uma delícia, vir espreitar o seu blog, Maria!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.