domingo, 8 de maio de 2016

Anfíbios coloridos




Hoje vamos divagar o olhar, por alguns dos anfíbios mais coloridos que existem. Todos os que pertencem à família Dendrobatidae têm a particularidade de produzirem toxinas potentes que se encontram na sua pele. Algumas tribos indígenas da América do Sul, utilizam estas toxinas, colocando na ponta das setas utilizadas em caçadas, daí o nome em inglês poison dart frogs. A espécie com a toxina mais venenosa é a Phyllobates terribilis.

São pequeninos, coloridos mas alguns altamente venenosos.


Foto: wall.alphacoders.com


Blue poisson arrow frog
Este anfibio também conhecido por Dendrobates tinctorius "azureus", ou sapo-boi-azul pode ser encontrado na região de Sipaliwini, no Suriname. Possui uma pele de cor azul metálica, com manchas negras. As cores chamativas advertem os possíveis predadores de que a espécie (da familia Dendrobatidae) contém um potente veneno neurotóxico na pele.


Foto: ibc9.net


Mantella Baroni
É endemico de Madagascar. É uma espécie da família Mantellidae. Os seus habitats naturais são as florestas subtropicais ou tropicais húmidas. É uma espécie altamente tóxica.


Foto: www.uhdwallpapers.org_Photographer: Frank Vassen


Red-Eyed Tree Frog (Agalychis callidryas)
Esta rã é nativa das florestas tropicais da América Central, desde o sul do México até o norte da Colombia, e costumam viver próximas a rios e lagos. Pertence à família Hylidae, não é venenosa.


Foto: Wallpapersxl


Red-backed Poison Frog (Ranitomeya reticulata)
É nativo da floresta amazónica no Peru e Equador. Pertence à família Dendrobatidae. É uma espécie insetívora arborícola, e contém veneno capaz de causar ferimentos graves nos seres humanos, e até a morte em animais, como galinhas.


Foto: reptiles.wikia.com


Ranitomeya amazonica
Da família Dendrobatidae, existe no Peru, na região de Loreto, Colombia, Brasil, no estado do Amazonas, Amapá e Pará e na Guiana. Está ameaçada por perda de habitat.


Foto: www.dendrobase.de_Photographer: Thomas Ostrowski


Phyllobates terribilis
Este anfíbio pertence à família Dendrobatidae e é endémico da Colombia. Em relação ao peso e ao tamanho, este é o animal consagrado como sendo o vertebrado mais venenoso do planeta, com veneno suficiente para matar várias pessoas. Mais de 100 toxinas foram identificadas neste sapo. O veneno em destaque é a homobatracotoxina, um composto químico mortal cujo único sintoma é a falência múltipla dos órgãos.


Foto: www.dendrobase.de_Photographer: Stephan Schneppering


Phantasmal poison dart frog (Epipedobates tricolor)
Pertencente à família Dendrobatidae, é endémico do Equador existindo apenas em alguns locais na natureza. Está considera como uma espécie ameaçada.


Foto: lbc9.net


Harlequin Poison Dart Frog
Da família Dendrobatidae, como tal venenosa, é endémica da região de El Chocó no oeste da Colombia. Esta espécie tem uma grande variedade de formas de cores, podendo diferir de um vale para o outro. A cor base pode ser laranja, azul, amarelo, vermelho ou branco. É a maior da espécie Oophaga, crescendo até 3,75 cm de comprimento.


Foto: wall.alphacoders.com

Foto: www.dendrobase.de_Photographer: Gert Benaets

Foto: wall.alphacoders.com


Excidobates captivus
É uma espécie de anfíbio da família Dendrobatidae. É endémico do noroeste do Peru e sul do Equador. O seu habitat natural são as florestas tropicais de planície húmida. Excidobates captivus é uma das espécie mais pequenas de sapos do venenosos.


Foto: www.dendrobase.de_Photographer: woulter_olthof


Strawberry poison frog
Strawberry poison frog ou Oophaga pumilio é uma espécie de anfíbio da família Dendrobatidae. É popularmente denominada por rã-morango. Pode ser encontrada na Nicarágua, Costa Rica e Panamá. É bastante conhecido por ter uma grande variadade de cores, compreendendo entre 15 a 30 formas de cores diferentes. 


"Blue jeans"
Foto: www.uhdwallpapers.org


Red-banded poison frog (Oophaga lehmanni)
Endémica da uma pequena parte do oeste da Colombia, pertence à família Dendrobatidae. Os seus habitats naturais são as florestas tropicais submontanas. Está ameaçado pela perda de habitat.


Foto: pixdaus.com_Thomas Marent


Golden mantella (Mantella aurantiaca)
É endémica de Madagáscar e pertence à família Mantellidae. A Golden mantella, é uma das espécies de anfíbios, mais ameaçados de Madagascar devido à ter uma distribuição muito restrita em pântanos de grande altitude de Madagascar leste-central. Está listada como 'Criticamente em Perigo' na Lista Vermelha da IUCN de espécies ameaçadas. 


Foto: www.uhdwallpapers.org


Marañón poison frog (Excidobates mysteriosus)
Este anfibio da familia Dendrobatidae, é endêmico da região de Cajamarca no Peru. Pode ser encontrado entre os 900 e os 1100 metros acima do nível do mar na Cordilheira do Condor.


Foto: www.reptarium.cz_Photographer: Jiří Hošek


Oophaga Sylvatica "El Pangan"
Pertence à familia Dendrobatidae e é endêmico do Departamento Nariño na Colombia.


Foto: http://www.dartfrog.tk_Photographer: Simon Bomholt


"A natureza não faz milagres; faz revelações." (Carlos Drummond de Andrade)

12 comentários:

  1. Quem vê tanta beleza não imagina o quanto podem ser perigosos com seus venenos mortais
    Mas é gosto admirá-los aqui nestas belíssimas fotografias Maria
    Um feliz domingo querida
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Querida Maria

    Que mundo maravilhoso nos traz hoje, colorido e cintilante.
    Mas por aqui se vê que "nem tudo o que luz é oiro". Estas
    maravilhas escondem veneno, muitas vezes, mas inseridas no
    ecosistema terão o seu papel a desempenhar.

    Mito obrigada.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  3. Que lindas. Parece que foram desenhadas por gente feliz. A natureza tem coisas maravilhosas. E como hoje é o dia da mãe, na maior parte do mundo...
    Um abraço e feliz dia das mães.

    ResponderEliminar
  4. Que espectáculo ,esses sapos coloridos
    Onde os anfíbios desaparecerem a natureza se encontra em perigo.
    abraços

    ResponderEliminar
  5. Simplesmente Maravilhoso!

    Domingo Feliz.

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Lindos ,mas certamente não os queria ao pé de mim kkkkkkk,feliz domingo querida amiga ,beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Apesar deles me assustarem, são lindos esses coloridos! bjs, lindo domingo! chica

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde Maria,
    As cores dos anfíbios são lindas e a natureza é pródiga em nos oferecer tanta beleza e diversidade.
    Confesso que me arrepiam e apesar de tudo aprecio os que me fazem menos impressão que são as rãs esverdeadas que existem em Portugal,)) embora já há bastante tempo que não observo nenhuma.
    Desejo-lhe um bom domingo.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  9. Maria
    "Natureza não faz milagres; faz revelações", no dizer se de Drummond, como citaste. Digo eu, a tuas pesquisas, trazem verdadeiras recordações, revelando um mundo desconhecido, que é sempre importante conhecer.

    BRASIL: O SORRISO DE DEUS.
    Capitania de São Vicente
    Se comentar o post agradeço.
    http://amornaguerra.blogspot.pt/

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Amiga mesmo sabendo que dia das mães foi Domingo passado em Portugal
    hoje no Brasil venho deixar a você um carinhoso abraço.
    Amada deixei mimos na postagem ofereço com todo carinho.
    Tenha uma abençoada semana beijos.
    Evanir..

    ResponderEliminar
  11. Uma partilha fabulosa, Maria!
    Uma selecção de imagens incrível, tal como o respectivo suporte informativo!...
    Adorei!!!!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.