sábado, 9 de janeiro de 2016

Mar em redor - Poema de cecilia Meireles





Meus ouvidos estão como as conchas sonoras:
música perdida no meu pensamento,
na espuma da vida, na areia das horas...


Esqueceste a sombra do vento
Por isso, ficaste e partiste,
e há finos deltas de felicidade
abrindo os braços num oceano triste.


Soltei meus anéis nos aléns da saudade.
Entre algas e peixes vou flutuando a noite inteira.
Almas de todos os afogados
chamam para diversos lados
esta singular companheira.



Cecília Meireles, in “Poesia Completa”



13 comentários:

  1. Amiga Maria , sou uma grande admiradora da obra de Cecília Meireles, escolheu um belo poema ilustrado como sempre por belíssimas imagens.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Como estou sempre à beira do mar, naveguei até aqui, as barras estão fechadas mas para ler poesia enfrenta-se qualquer turbulência!

    Divagando, deixo o meu abraço.

    ResponderEliminar
  3. Belíssimo poema de Cecília Meireles.
    Precioso compartilhamento.
    A imagem também é linda.

    Excelente final de semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. A poética grandiosa da Cecilia, sempre um caminho de beleza
    e encantamento!...
    Sempre fico com a lágrima da minha admiração ao contactar com
    a sua poética tão viva!!
    Grata pela partilha,Maria!
    Um final de semana luminoso (feliz) e poético para ti...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Gostei do poema e das imagens.
    um beijinho e bom fim-de-semana
    Gábi

    ResponderEliminar
  6. Que linda poesia de Cecília Meirelles,realmente é completa.
    Bjs Maria Rodrigues,obrigada pela visita e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Excelente poema! Parabéns.

    Bom fim de semana
    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Serenidade num belo poema ,muitos beijinhos querida amiga .

    ResponderEliminar
  9. Profundo....Belo Poema de Cecília..
    Desejo um bom fim de semana
    e um Ano 2016, melhor que o anterior....
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Maria,

    Obrigada pelo carinho e após a cirurgia, feita dia 7, ainda meu marido esta na UTI, mas tudo andando em. Graças!!

    Que assim continue! bjs, chica

    ResponderEliminar
  11. Magnifico poema... conjugado com um admirável suporte de imagem, como habitual!...
    Belíssimo post!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.