quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Macaco-capuchinho-de-peito-amarelo




Hoje vou falar um pouco sobre um animal que costumo gostar de observar no Jardim Zoológico de Lisboa, trata-se do:

Macaco-capuchinho-de-peito-amarelo




Ordem: Primates
Família: Cabidae
Espécie: Cebus xanthosternos





Distribuição Habitat :
Floresta Tropical Húmida Atlântica .

Identificação e hábitos: 
 
Os machos têm entre 39 e 42 cm de comprimento, e a cauda possui entre 38 e 45 cm, pesando entre 2 e 4,8 kg, as fêmeas, são um pouco mais pequenas. Hábeis e perspicazes, são uma espécie sociável e arbórea. Vivem em grupos, havendo uma hierarquia estabelecida entre cada um dos géneros, sendo a masculina dominante sobre a feminina. Utilizam várias vocalizações e posturas corporais para comunicarem entre si. A reprodução pode ocorrer em qualquer época do ano, a gestação tem uma duração de 5 meses, e a fêmea dá à luz apenas um filhote. O desmame ocorre após os 8 meses, e o filhote torna-se independente aproximadamente ao completar 1 ano. A fêmea atinge a maturidade sexual aos 4 anos, enquanto os machos somente aos 8 anos.

A espécies está considerada "criticamente em perigo" devido principalmente à destruição do seu habitat.



Texto explicativo: wikipedia; http://www.zoo.pt/
Fotos: Pessoais

7 comentários:

  1. Uau...Que coisa mais linda!

    Beijo e um dia Feliz.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Fotos lindas e bem clicadas! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Lindos e bem "apanhados".
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  4. Macaco Capuchinho,
    se ele não faz disparate
    assim parecendo ser mansinho
    deixem-no viver em liberdade?

    Tenha um bom dia amiga Maria, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  5. São muito graciosos...Gostei de saber um pouco mais sobre eles.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  6. Estou com saudades de visitar o zoo ,pois já não lha vou à 8 anos ,beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Olá Maria achei-os lindinhos, mas não gosto de ir a Zoos, dá-me agonia ver os animais ali fora do seu habitat e liberdade, mas isso como tudo tem dois lados, pelo menos estão livres dos caçadores.
    beijinhos,
    Léah

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.