quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Um poema - Poema de Saúl Dias




Um poema
é a reza dum rosário
imaginário.
Um esquema
dorido.
Um teorema
que se contradiz.
Uma súplica.
Uma esmola.

Dores,
vividas umas, sonhadas outras...
(Inútil destrinçar.)

Um poema
é a pedra duma escola
com palavras a giz
para a gente apagar ou guardar...

Saúl Dias, in "Essência"





6 comentários:

  1. Aqui, agora, são dez horas da noite.
    Já vou me recolher e considero o belo poema como minha oração de hoje!
    Obrigada, Maria, beijos...

    ResponderEliminar
  2. Um poema é tanta coisa ao mesmo tempo e quase nada também.
    Gostei de ler

    ResponderEliminar
  3. oi minha amiga,

    muito linda sua escolha,

    se puder faça uma prece pela minha netinha,
    que vai passar por uma cirurgia amanhã pela manhã...
    obrigada!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Poesia magnificamente descritiva sobre o que é "ser" Poema.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria,

    que poema lindo e delicado. Estava com problemas na internet e agora está tudo ok,
    desejo também a você e família um ano maravilhoso cheio de alegrias.

    Bejim.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.