quinta-feira, 15 de maio de 2014

Venho de longe, trago o pensamento ... Poema de Paulo Lébeis Bomfim



Venho de longe, trago o pensamento
Banhado em velhos sais e maresias;
Arrasto velas rotas pelo vento
E mastros carregados de agonias.

Provenho desses mares esquecidos
Nos roteiros de há muito abandonados
E trago na retina diluídos
Os misteriosos portos não tocados.

Retenho dentro da alma, preso à quilha
Todo um mar de sargaços e de vozes,
E ainda procuro no horizonte a ilha

Onde sonham morrer os albatrozes...
Venho de longe a contornar a esmo,
O cabo das tormentas de mim mesmo.

Do Livro " Transfiguração"
Paulo Lébeis Bomfim



10 comentários:

  1. oi minha amiga,

    que lindo,
    não conhecia,
    nós todos temos que vir de longe,
    de dentro de nós mesmos...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Melancólico mas muito bonito. Parabéns pela escolha.

    ResponderEliminar
  3. Maria Soares
    Não conheço o livro, nem o autor, mas reconheço um maravilhoso soneto.
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Que belo poema Maria...como sempre bela escolhas...
    Passei algum tempo sem meu pc...tive que me desfazer dos meus blogs...
    Mais cá estou com um novo endereço...
    Seja sempre bem vinda!um abraço com carinho..

    http://meu-coracao-alado.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. "Venho de longe a contornar a esmo,
    O cabo das tormentas de mim mesmo."
    Lindo, muito lindo!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Um bom achado! não conhecia.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Maria,

    Que lindas palavras!
    Sempre é bom passar aqui, colher um pouco do que você posta, para enfeitar o nosso dia!

    Bjksss

    ResponderEliminar
  8. Pura sensibilidade neste poema...que doce escolha, minha querida...
    Beijinhos e bom final de semana,
    Valéria

    ResponderEliminar
  9. Um dia um certo dia, talvez já não se possa,
    nesta vida, recomeçar.
    Não deixemos que o tempo passe e,
    com ele, a ocasião de recomeçar
    um dia que podemos encher de felicidade.
    Recomeçar de um ponto de um lugar.
    Recomeçar com um gesto, com uma palavra,
    com um abraço
    O sucesso nessa vida depende de nós ,
    mais acima de tudo de Deus.
    A você um abençoado final de semana.
    Beijos e meu eterno carinho.
    Evanir..

    ResponderEliminar
  10. olá, amiga. Um belo poema!! Essa forma linda de expressar tanto sentimento toca o coração e encanta. Bela escolha! Adorei! Olha: Encantei com os posts anteriores. Belissimos Maria! Obrigada por partilhar. Um feliz fim de semana e obrigada pelo carinho presente lá no meu cantinho! Bjossss.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.