quarta-feira, 16 de abril de 2014

Ah, que bela Manhã de primavera - Poema de Fernanda de Castro


Ah, que bela manhã de Primavera!
Abram ao sol as portas, as janelas!
Cheira a café com leite, a sabonete,
a goivos, a sol novo, a vida nova!

A Rua canta!… sinos e pregões,
apitos e buzinas, vozes claras.
–”Gostas de mim?” — “Gosto de ti” — e o céu
cobre a Cidade com seu manto azul.

Ah, que bela manhã de Primavera!

Pousam no Tejo barcos e gaivotas,
com velas novas, belas asas novas.
Os eléctricos voam, transbordantes,
a tilintar, a rir nas campainhas,
e os automóveis, como borboletas,
circulam, tontos, nas ruas sonoras.

Ah, que bela manhã de primavera!

No Tejo, os vaporzinhos de Cacilhas
brincam aos barcos grandes, às viagens,
e o pequeno comboio vai e vem,
como um brinquedo de menino rico.
Confundem-se nas árvores, ao sol,
folhas e asas, pássaros e flores.
É festa em cada rua. Em cada casa,
um canário a cantar, uma cortina,
um craveiro florido na janela.

Despejaram-se armários e gavetas,
frasquinhos de perfume…Toda a gente
foi para a rua de vestido novo,
de fato novo, de gravata nova,
e tudo canta, a Rua é uma canção.

Ah, que bela manhã de Primavera!

–”Gostas de mim?” — é o tema da canção.
–”Gostas de mim?” — pergunta-lhe ele a ela.
–”Gostas de mim?” — pergunta à flor o vento
e a flor ao rouxinol… — “Gostas de mim?”
–”Gostas de mim?”, “Gostas de mim?”
Cheira a goivos, a sol, a vida nova…

Ah, que bela manhã de Primavera!


Maria Fernanda Teles de Castro e Quadros Ferro
Blog: Fernanda de Castro




9 comentários:

  1. Poesia tão linda!! Vim desejar uma Páscoa linda e muito feliz! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Que belo poema, Maria! Apertou em meu coração a saudade, pois conheci Lisboa numa manhã assim azul, de primavera!
    Abraço! Feliz Páscoa!
    :)

    ResponderEliminar
  3. Mesmo sem nada perguntar irresistivelmente a gente gosta...
    Lindo Maria
    Beijinhos..

    ResponderEliminar
  4. oi minha amiga,

    que delícia de poema,
    adoro as cores e os aromas da primavera...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Bonito e alegre poema de Primavera, Maria!
    Beijos e FELIZ PÁSCOA!!!
    MUITA PAZ E SAÚDE.......

    ResponderEliminar
  6. Que belas manhãs dá saudade dos relatos ,
    que estão no poema, adorei.
    beijinhos tenha uma feliz páscoa.
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Minha querida

    Adoro a poesia de Fernanda de castro e este poema é soberbo.

    Deixo um beijinho com carinho e desejo uma Feliz Páscoa, junto de todos os teus.
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  8. Aprecio muito as belas manhãs de primavera e as tuas são lindas.

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. A Primavera chega com flores rubras de verão e não menos rubras bagas de Outono - talvez porque haja em todas as estações da vida belos e emotivos momentos primaveris!
    Não conhecia o poema. e gostei.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.