terça-feira, 11 de março de 2014

Soneto do Desmantelo Azul - Poema de Carlos Pena Filho



Então, pintei de azul os meus sapatos
por não poder de azul pintar as ruas,
depois, vesti meus gestos insensatos
e colori, as minhas mãos e as tuas. 


Para extinguir em nós o azul ausente
e aprisionar no azul as coisas gratas,
enfim, nós derramamos simplesmente
azul sobre os vestidos e as gravatas. 


E afogados em nós, nem nos lembramos
que no excesso que havia em nosso espaço
pudesse haver de azul  também cansaço. 


E perdidos de azul nos contemplamos
e vimos que entre nós nascia um sul
vertiginosamente azul. Azul.


Carlos Pena Filho




6 comentários:

  1. Poema lindo em azul!Adorei! bjs, ótima semana,chica

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Maria, que poema lindo! Desejo que a sua vida continue assim muito azul! Um beijinho. Ailime

    ResponderEliminar
  3. Que poema lindo! acho que hoje vou ter sonhos desse azul bonito...assim espero.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Olá amiga,vim retribuir sua carinhosa visita ao meu cantinho.
    Fiquei feliz com sua doce presença!!! Obrigada!!!
    Beijos Marie.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia

    Poema maravilhoso..mas gosto mais do...vermelho

    Fique feliz ... abraço
    **************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. E mesmo quando o cinza e o preto teimam em dominar os espaços e principalmente o nosso espaço interior, peguemos no tinta e no pincel e o azul espalhemos por todo o lado; sobrará? será esbanjamento? Não importa...o azul na alma e no coração nunca é demais.Serenidade é o que me dá o azul claro dos céus o azul do mar calmo beijando a areia. Lindo, amiga. Um beijinho.
    Emília

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.