quinta-feira, 28 de março de 2013

Uma Páscoa muito Feliz


Páscoa é símbolo de esperança, de amor, de introspeção, de fé, de partilha e renovação.  Que este período tão especial seja um Novo Recomeçar, permitindo que todos consigam encontrar a paz, a harmonia e o caminho certo a percorrer.


Páscoa, amor e ressurreição
Um grito de Liberdade e Luz!
Apaga-se o ódio no coração
Que nele reina o amor de Jesus!

Ressurge o toque de esperança
Na alma dos pobres pecadores
Da regeneração, a aliança,
Olvidam as suas próprias dores!

Reis e humildes, reunidos,
Oram, com fé, em comunhão.
Que o Mestre, já os há remido
Por sua bondade e perdão


Mila Ferreira (em Recanto de Letras)


Para TODOS desejo uma PÁSCOA muito Feliz.



O Vento




O cipreste inclina-se em fina reverência
e as margaridas estremecem, sobressaltadas.

A grande amendoeira consente que balancem
suas largas folhas transparentes ao sol.

Misturam-se uns aos outros, rápidos e frágeis,
os longos fios da relva, lustrosos, lisos cílios verdes.

Frondes rendadas de acácias palpitam inquietantemente
com o mesmo tremor das samambaias
debruçadas nos vasos.

Fremem os bambus sem sossego,
num insistente ritmo breve.

O vento é o mesmo:
mas sua resposta é diferente, em cada folha.

Somente a árvore seca fica imóvel,
entre borboletas e pássaros.

Como a escada e as colunas de pedra,
ela pertence agora a outro reino.
Se movimento secou também, num desenho inerte.
Jaz perfeita, em sua escultura de cinza densa.

O vento que percorre o jardim
pode subir e descer por seus galhos inúmeros:

ela não responderá mais nada,
hirta e surda, naquele verde mundo sussurrante.


Cecília Meireles



quarta-feira, 27 de março de 2013

Festival de cebolas em Berna


A arte pode estar presente em tudo, basta apenas imaginação.




Todos os anos na 4ª segunda-feira do mês de novembro, comemora-se a festa da cebola em Berna a capital da Suíça.





O "Zibelemärit" (Mercado Cebola) é um festival popular, uma tradição que se diz ter origem no século XV.






O centro de Berna, modifica-se com centenas de barracas alinhadas oferecendo quase exclusivamente cebolas. As ruas ficam apinhadas de pessoas, a alegria é uma constante, as crianças com martelinhos de plástico vão tocando na cabeça de todos os que passam por perto, fazendo também uma “guerra” com papelinhos coloridos.





Os agricultores da zona envolvente trazem mais de 50 toneladas de cebolas, artisticamente tecidas em tranças ou coroas, bem como, outras frutas legumes e nozes.








Bancas coloridas oferecem potes de cerâmica, guloseimas e artigos tradicionais, mas a constante são as tranças de cebolas, coroas de cebolas, bonecas de cebolas, tortas de cebolas, enfim é notável a imaginação dos horticultores participantes.





A origem desta festa tem diferentes versões. Mas segundo uma antiga lenda em 1405, um incêndio terá destruido quase dois terços da cidade de Berna, tendo os habitantes da cidade vizinha, Friburgo, oferecido a sua ajuda. Como agradecimento, as autoridades de Berna abriram gratuitamente o mercado da cidade aos agricultores de Friburgo, uma vez por ano. Como os agricultores vendiam quase exclusivamente cebolas, passou-se a chamar a essa feira de “Feira da Cebola” ou Zibelimärit.






Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.swissinfo.ch/; email com Fotos de Ana Belén Sánchez; http://switzerland.isyours.com/; http://www.bern.com/en/; outros net

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.




A Arte em cebola, um Festival onde ela é a rainha da festa.

terça-feira, 26 de março de 2013

Selinho dos 1000 Seguidores do Poeta Carlos Rímolo


Este selinho é um presente do amigo poeta Carlos Rímolo, do blog " Poesias do Poeta Cigano" para comemorar os seus 1000 seguidores.






Meu amigo é um prazer deixar o meu espiríto divagar pelas suas belissimas poesias.

Obrigado por esses momentos tão especiais.


Muito beijinhos
Maria


"A amizade duplica nossas alegrias e divide nossa tristeza."

segunda-feira, 25 de março de 2013

A arte do Pintor Daniel Gerhartz




O pintor Daniel Gerhartz Nasceu em 1965 em Kewaskum, Wisconsin nos EUA.





O interesse pela arte surgiu na adolescencia, tendo começado a sua educação artística na Academia Americana de Arte em Chicago, onde estudou na tradição clássica e mergulhou em aplicações de técnica e design.





Depois de um breve período em arte comercial, começou a "perseguir" a arte, visitando museus e estudando os trabalhos dos grandes mestres da pintura bem como o trabalho de artistas contemporâneos.




O trabalho habilidoso do artista celebra o mundo criado, a forma humana, as relações pessoais e a conexão com paisagens e ambientes.





Os seus temas evocam atemporalidade e idealismo, embora muitos deles também sejam baseados na sua casa, na familia e amigos bem como na comunidade de Wisconsin.





As pinturas de Daniel abraçam uma série de temas, o mais proeminente é a figura feminina que é representada muitas vezes em repouso, calma, meditação ou isolamento contemplativo.





Inspira-se na antiga tradição do romantismo e do simbolismo.





A beleza poderosa e evocativa das suas pinturas são em grande medida devido à honestidade e fidelidade do seu estilo.





As suas pinturas captam as nuances infinitas de cor, luz e forma.





Tem realizado exposições individuais e coletivas por todo o país, já foi distinguido com vários prémios e a sua obra é colecionada internacionalmente.
 




Inspirado por mestres russos, europeus e americanos, incluindo Nicolai Fechin, Singer John Sargent, Joaquin Sorolla, Carl Von Marr e Anders Zorn, juntamente com a orientação dos instrutores Richard Schmid, Baitinger John e Parques Bill, Daniel F. Gerhartz estabeleceu-se como um importante pintor americano entre os principais talentos do nosso tempo.




Para mais informações sobre a arte deste incrível pintor, visite o seu site pessoal: Daniel Gerhartz




Fontes e Fotos: www.danielgerhartz.com; http://www.artrenewal.org/; http://www.terigalleries.com/; outros net.




"A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam." (Auguste Rodin)

sábado, 23 de março de 2013

DIVAGANDO pelo Magia e encanto das CORES


Hoje vamos apenas deixar os nossos olhos divagar pela beleza e encanto das cores que nos rodeiam.

"Cores cortam cursos de curvas e estradas. Curvam-se os olhos. Curvam-se as almas."(Padre Fábio de Melo)




O Branco é também chamada de "cor da luz" porque reflete todos os raios luminosos. É o simbolo da paz, da inocência e pureza. O branco simboliza a leveza, o espaço, a sinceridade, a liberdade, o vazio, a verdade, a ausência, a limpeza, o infinito, a luz, a sabedoria, a inteligência, a divindade, o bem, o recomeço...

"Não importa o que há no fim no arco-íris se a felicidade se encontra na beleza das cores." (Mairla C. Gonçalves)









A Cor rosa significa romantismo, ternura, ingenuidade e é normalmente associada ao universo feminino. É a cor da beleza, das emoções, dos afetos, da compreensão, do amor terno e carinhoso.

"Minha vida não é cor de rosa, mas outras cores a deixam bem colorida e eu prefiro assim." (Lyz Fatori)








O Amarelo é uma cor que desperta, que expressa leveza, descontração, otimismo. É uma cor brilhante, simboliza criatividade, jovialidade e alegria. O amarelo também transmite calor, ilumina e descontrai.

"As pessoas só observam as cores do dia no começo e no fim, mas, para mim, está muito claro que o dia se funde através de uma multidão de matizes e entonações, a cada momento que passa. Uma só hora pode consistir em milhares de cores diferentes. Amarelos céreos, azuis borrifados de nuvens. Escuridões enevoadas..." (Markus Zusak)









O Vermelho é a cor da paixão e do sentimento. Simboliza o amor, o desejo, mas também simboliza o orgulho, a violência, a agressividade ou o poder. A cor vermelha ativa e estimula, significa elegância, paixão, conquista, requinte e liderança.

"A mente veste as cores da alma." (Anne Sophie Soymonof)









O Castanho é a cor da terra por excelência. Significa maturidade, consciência e responsabilidade. Representa a constância, a disciplin e a uniformidade. Sugere segurança e solidez. É a cor do outono, do recolhimento estando associada também ao conforto e estabilidade.

"As cores da tarde emprestaram aos nossos rostos uma tonalidade fulgurante."(Aldo Lopes)








O Azul é a cor do espírito e do pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade, sutileza, o ideal e o sonho. O azul transmite e favorece a compreensão. É a cor do bem estar e do raciocínio lógico.

"Imaginai outras cores que não sejam o azul nos Céus e o verde na terra, e achareis que nenhumas são tão belas, deleitam e fortificam mais a nossa vista do que aquelas." (Marquês de Maricá)








O Verde significa vigor, frescor, esperança e calma. É uma cor calma que harmoniza e equilibra. Representa as energias da natureza, da vida, esperança e perseverança. O Verde traz paz, segurança, esperança em abundância e confiança.

"Cores que aquarelam. Flores que primaveram." (Padre Fábio de Melo)









O Preto é a cor do mistério e está associado à ideia de morte e de luto. Transmite introspecção, favorece a auto-análise e significa também dignidade. É a cor do poder, da sobriedade, transmitindo a sensação de sofisticação e elegância.

"As cores da noite recamadas de silêncio preparam o dia." (Eolo Yberê Libera)










O Violeta vem por comparação com a cor das pétalas da flor violeta. Transmite a sensação de prosperidade, nobreza e respeito. O violeta remete a nobreza e poder. É a cor da alquimia e da magia. Simboliza respeito, dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação. Lilás é uma cor similar ao violeta, sendo uma nuance mais clara do Roxo.

"Depois da tempestade, as cores aparecem." (Bono Vox)








O Púrpura (ou roxo) tal como o violeta resulta da mistura do vermelho com o azul, tendo também várias tonalidades. Transmite a sensação de prosperidade, respeito, dignidade, devoção, piedade, sinceridade, nobreza e respeito. Significa espiritualidade e intuição.

"As cores são benditas aos nossos olhos" (Autor desconhecido)








O Laranja é a cor do sucesso, da agilidade mental, e da prosperidade. Simboliza encorajamento, estimulo, robustez, atração, gentileza, cordialidade, tolerância e prosperidade. É a cor da comunicação, do calor efetivo, do equilíbrio, da segurança e da confiança.

“Laranja é a cor mais feliz.” (Frank Sinatra)











Fontes e Fotos: http://www.significadodascores.com.br/significado-do-violeta.php; http://www.significados.com.br/; 1mst.net; outros net



"As cores falam todas as línguas." (Joseph Addison)