domingo, 29 de dezembro de 2013

Tive de Aceitar




Eu tive que aceitar, que meu corpo nunca fora imortal, que ele envelhecerá e um dia se acabará.

Eu tive que aceitar, que eu viera ao mundo, para fazer algo por ele, para tentar dar-lhe o melhor de mim, deixar rastros positivos de minha passagem e, em dado momento partir...




Eu tive que aceitar que meus pais não durariam para sempre, e que meus filhos pouco a pouco escolheriam seus caminhos prosseguiriam  sua caminhada sem mim. Eu tive que aceitar que eles não eram meus como supunha e que a liberdade de ir e vir é um direito deles também.

Eu tive que aceitar que todos os meus bens foram me confiados por empréstimo, que não me pertenciam e que eram tão fugazes quanto fugaz era a minha própria existência na TERRA. Eu tive que aceitar que os bens ficariam para uso de outras pessoas quando eu já não estiver por aqui.




Eu tive que aceitar que varrer minha calçada todos os dias não me dava nenhuma garantia de que ela era propriedade minha e que varrê-la com tanta constância era apenas um fútil alimento de que eu dava à minha ilusão de posse.

Eu tive que aceitar que o que eu chamava de “minha casa” era só um teto temporário, que dia a mais dia menos,  seria o abrigo terreno de outra família.


Eu tive que aceitar que o meu apego às coisas  só apressaria ainda mais a  minha despedida e a minha partida.

Eu tive que aceitar que meus animais de estimação, a árvore que eu plantei, minhas flores e minhas aves eram mortais. eles não me pertenciam!

Foi difícil, mas eu tive que  aceitar.





Eu tive que aceitar as minhas fragilidades os meus limites, a minha condição de ser mortal, de ser atingível, de ser perecível.

Eu tive que aceitar que a VIDA sempre continuaria com ou sem mim, e que o mundo em pouco tempo me esqueceria.

Eu me rendi e aceitei que eu tinha que aceitar.

Aceitei para deixar de sofrer, para lançar fora o meu orgulho, a minha prepotência e para voltar à simplicidade da Natureza, que trata a todos da mesma maneira, sem favoritismo.

Humildemente eu te confesso que foi preciso eu fazer cessar umas guerras dentro de mim.

Eu tive que me desarmar e abrir meus braços para receber e aceitar a minha tão sonhada Paz!


Texto - Silvia Schmidt



Eu, já aceitei tantas destas atitudes perante a vida, mas ainda estou lutando contra as minhas guerras interiores. Ainda estou tentando corrigir e eliminar as minhas arestas negativas, e muitas vezes, ainda me sinto perdida na longa caminhada da vida. Ainda luto contra o desânimo, que em certas alturas parece me querer sufocar, mas não desisto de seguir sempre em frente,  procurando também eu alcançar a minha paz interior! Quem sabe um dia eu a encontre!



25 comentários:

  1. A vida é um presente que amamos e ao mesmo tempo perdemos. As coisas passam por nós e os sentimentos que nos movem, que nos fazem sonhar e amar todos os dias se transformam em presentes passados.
    Pareceu-me um bom momento de reflexão.
    Não somos nada. Nascemos nus e partiremos sem nada. As roupagens que nos cercam de adornos são quimeras que o tempo queima. O nosso fim só terá valor pelas boas obras que fizemos. Só terá valor pelos gestos de Boa Vontade em prol de um mundo melhor.
    A nossa caminhada não acaba aqui. Deus Pai será o nosso final. Ele não teve inicio nem terá fim. N' Ele sermos imortais.

    Votos de um Bom Ano Novo para si e toda a sua Família.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Maria
    E quando temos a percepção de nossa passagem por aqui é apenas temporária aí sim começamos a ser felizes pois da vida terrena nada levaremos.
    Que o próximo ano seja pleno de luz, esperança, harmonia, amor e muitas realizações. Feliz ANO NOVO! Tudo de bom pra você.
    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  3. É a lei da vida não é verdade?. Bela publicação

    Deixo votos de um ano novo - 2014 - cheio de alegria, Saúde, Paz, felicidade, harmonia, entre outros factos positivos

    Abraço
    ******************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Pena dos que não aceitam...e não acreditam!
    Bj amigo!

    ResponderEliminar
  5. Querida Maria...o tempo passa e voce sempre que pode, tem para comigo uma palavra de carinho. E é com cariho que venho aqui para desejar a voce e aos seus familiares um Ano Novo, repleto de paz, saúde e prosperidade...e finalmente, dizer a voce, palavras que sempre me acompanham, apesar das dificuldades e das tristezas, tenhas sempre em mente: Deus aperta, mas não afoga. Beijo carinhoso a minha querida amiga.

    ResponderEliminar
  6. FELIZ ANO NOVO!!!
    Desejo primeiro que você ame, E que amando, também seja amado. E que se não for, seja breve em esquecer. E que esquecendo, não guarde mágoa. Desejo, pois, que não seja assim, Mas se for, saiba ser sem desesperar. Desejo também que tenha amigos, Que mesmo maus e inconsequentes, Sejam corajosos e fiéis, E que pelo menos num deles Você possa confiar sem duvidar. E porque a vida é assim, Desejo ainda que você tenha inimigos. Nem muitos, nem poucos, Mas na medida exata para que, algumas vezes, Você se interpele a respeito de suas próprias certezas. E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, Para que você não se sinta demasiado seguro. Desejo depois que você seja útil, Mas não insubstituível. E que nos maus momentos, Quando não restar mais nada, Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé. Desejo ainda que você seja tolerante, Não com os que erram pouco, porque isso é fácil, Mas com os que erram muito e irremediavelmente, E que fazendo bom uso dessa tolerância, Você sirva de exemplo aos outros. Desejo que você, sendo jovem, Não amadureça depressa demais, E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer, E que sendo velho, não se dedique ao desespero. Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e É preciso deixar que eles escorram por entre nós. Desejo por sinal que você seja triste, não o ano todo, mas apenas um dia. Mas que nesse dia descubra Que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano. Desejo que você descubra,com o máximo de urgência, Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos, Desejo ainda que você afague um gato, Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta. Alimente um cuco, e ouça o joão-de-barro. Erguer triunfante o seu canto matinal Porque, assim, você se sentirá bem por nada. Desejo também que você plante uma semente, Por mais minúscula que seja, E acompanhe o seu crescimento, Para que você saiba de quantas Muitas vidas é feita uma árvore. Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, Porque é preciso ser prático. E que pelo menos uma vez por ano Coloque um pouco dele na sua frente e diga "Isso é meu", Só para que fique bem claro quem é o dono de quem. Desejo também que nenhum de seus afetos morra, Por ele e por você, Mas que se morrer, você possa chorar. Sem se lamentar e sofrer sem se culpar. Desejo por fim que você sendo homem, Tenha uma boa mulher, E que sendo mulher, Tenha um bom homem E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes, E quando estiverem exaustos e sorridentes, Ainda haja amor para recomeçar. E se tudo isso acontecer, Não tenho mais nada a te desejar ". (Victor Hugo)

    ResponderEliminar
  7. De repente num momento fugaz,
    os fogos de artifício anunciam
    que o ano novo está presente
    e o ano velho ficou para trás.

    De repente, num instante fugaz,
    as taças se cruzam
    e o champagne borbulhante anuncia que o ano velho se foi e o ano novo chegou.

    De repente, os olhos se cruzam,
    as mãos se entrelaçam
    e os seres humanos,
    num abraço caloroso,
    num só pensamento,
    exprimem um só desejo
    e uma só aspiração:
    PAZ e AMOR.

    De repente , não importa a nação;
    não importa a língua,
    não importa a cor,
    não importa a origem,
    porque sendo humanos e descendentes de um só Pai,
    lembramo-nos apenas de um só verbo: AMOR.
    De repente, sem mágoa, sem rancor, sem ódio,
    cantamos uma só canção,
    um só hino:
    o da LIBERDADE.

    De repente, esquecemos e lembramos do futuro venturoso,
    e de como é bom VIVER.

    FELIZ ANO NOVO A VOCÊ E A TODOS AQUELES QUE MAIS AMA.

    FELIZ 2014

    BEIJOKAS

    ResponderEliminar
  8. A vida prossegue, mesmo sem nós.
    É tanto o que devemos aceitar...

    Que a viagem seja leve.
    Feliz Ano Novo.
    Um forte abraço.

    Sónia M

    ResponderEliminar
  9. ⋰ ♬♪ ⋯ ✰ ⋯ ♬♪ ⋰
    No alvorecer de mais este ano trago votos de paz, saúde e muitas alegrias.
    Bom ano de 2014, e temos que aceitar...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Oi Maria,
    Tudo é lindo e maravilhoso quando somos crianças: brincamos, brigamos, apanhamos, batemos e ao mesmo tempo nos abraçamos. Só que quando crescemos as lutas são mortais, não digo no corpo e sim da alma e como sempre diz meu marido: viver com cuidado, mas às vezes a gente desliza e vem a cobrança: Não te falei?
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  11. Bom dia Maria.
    Que postagem linda.
    Que os anjos esteja com voce e todos os seus familiares,lhe dando uma entrada de ano na mais perfeita ordem,com muita alegria,e que seja o seu melhor ano.
    Um ano de vitorias.
    Feliz 2014.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Maria Querida, venho por aqui desejar UM FELIZ 2014 p você e família..................
    Texto muito profundo... Nossa alma almeja pela eternidade, nossos limites e carências são reais... Somente no Criador encontramos realizações e sentido p aceitar e abraçar com todo AMOR A vida!!!

    Beijos e Até lá/Já...

    ResponderEliminar
  13. "A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus."

    Um ano novo repleto de paz, alegrias e muitas bençãos, e de novo recomeços!
    Feliz ano novo!
    São os meus sinceros desejos

    Leandro Ruiz

    2013/2014

    ResponderEliminar
  14. A própria vida nos vai conduzindo a aceitar cada momento, que nos depara, mas é bom que saibamos aceitar bem o inevitável. Nós somos apenas um elo da corrente que faz girar a roda da vida.
    Como amanhã será dia de saltar para o Ano de 2014, desejo que tudo possa ser aceitável, para ti.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Oi Maria!
    Que 2014 seja um Novo tempo, quando vc encontrará sua paz interior!

    Abração
    Jan

    ResponderEliminar
  16. Com muito carinho venho desejar um abençoado ano novo,
    que as ooo hora do dia 31 de Dezembro entraremos em 2014 deixando
    alegrias , tristezas , dores , saudades na virada de mais um ano.
    Deus nos cubra com seu manto de cura e nos envolva
    de carinho para mais 365 dias e 8 horas de felicidade plena
    de realizações sonhadas para nossas vidas.
    Um abraço carinhoso mil beijos de pura amizade.
    Amigos para sempre :A viagem.
    Evanir..
    È minha amiga temos que aceitar tudo isso e muito mais nessa vida.

    ResponderEliminar
  17. Bom vir por aqui...
    Junto-me aos desejos de todos em votos de um Bom Ano!
    Com amizade.
    Um abraço
    maria

    ResponderEliminar
  18. Olá, como está?
    Com gosto lhe envio os meus votos de Ano Novo muito feliz!
    Beijinhos

    ResponderEliminar

  19. Minha querida

    Que o ano de 2014 seja pleno de amor e felicidade...de paz e prosperidade...repleto de realizações e de sonhos concretizados.
    Minhas amigas e meus amigos...Obrigada por todo o carinho que me deixam em cada palavra que me adoça o coração.

    FELIZ ANO NOVO

    Um beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  20. Quero acreditar que vivendo um dia de cada vez , chega - se lá .

    Um beijo , Maria

    ResponderEliminar
  21. Metti la mano sinistra sulla spalla destra e la mano destra sulla spalla sinistra.
    Hai appena ricevuto un abbraccio a distanza. Buon 2014.

    ResponderEliminar
  22. Acredito que aceitar é um desafio com o poder mais profundo, o poder individual entre a razão e a emoção. Parabéns!

    ResponderEliminar
  23. Acredito que aceitar é um desafio com o poder mais profundo, o poder individual entre a razão e a emoção. Parabéns!

    ResponderEliminar
  24. Acredito que aceitar é um desafio com o poder mais profundo, o poder individual entre a razão e a emoção. Parabéns!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.