quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Só olho para o céu - Poema de José Gomes Ferreira



Só olho para o céu
nas noites de lua despida
para atar os olhos nas estreias
e ver melhor de lá a Terra e a vida.


A Terra dos braços dos teus rios.
A Terra dos olhos dos teus lagos.
A Terra do corpo do teu mar.


A Terra em que apetece ser crepúsculo
para adormecer e sonhar.


José Gomes Ferreira





10 comentários:

  1. Desejo um bom dia para si e os seus assim como um lindo fim de semana.
    Este poema é lindo. Transporta-nos a noites cheias de luar onde as nossas visões e sonhos não cabem apenas em nós.

    ResponderEliminar
  2. Lindo poema e apresentação aqui! beijos,ótimo fds! chica

    ResponderEliminar
  3. A Terra e a Vida. Tudo estreitamente ligado à alma, ao coração e àqueles que amamos.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. oi minha amiga,

    que lindo poema que escolheu para hoje,
    próprio para o fim de semana que chega...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Ah! olhar para o céu e sentir a presença do amor no amor. A vida e a natureza como testemunha.
    Palavras brandas e suaves ao ler.
    Bom demais!
    Vou estar longe por um tempo, mas sempre que puder, lhe visitarei.
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  6. Olá Maria.É lindo o poema e a foto que o compõe.Desejo um bom fim de semana,beijinho

    ResponderEliminar
  7. Que lindeza de poema, nos agraciando nesta tarde de sexta-feira!!

    Desejo um final de semana abençoado!!
    Beijos, muita luz!!♥

    ResponderEliminar
  8. linda escolha... um ótimo final de semana..
    beijoss.

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde minha querida !
    As imagens chega a doer de beleza aos nossos olhos.
    Poema interessante demais ...
    Adicionada a linhas e agulhas com criatividade,te convido para um convite especial.
    Hoje estarei no blog da Catiaho com uma interessante matéria,te aguardo por lá
    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/
    Tenha um lindo final de semana de paz e beijos na alma.

    ResponderEliminar
  10. Poema excelente de delicadeza de alma...
    Não conhecia e adorei.
    Óptima apresentação que lhe corresponde.
    Beijos.
    maria

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.