segunda-feira, 1 de julho de 2013

EU - Poema de Florbela Espanca




EU

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho,e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...

Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!


Florbela Espanca 






Sou uma sombra do passado, perdida e lutando nas águas revoltas do presente e olhando sem esperança o fantasma do futuro ...


8 comentários:

  1. Linda poesia, bem escolhida! Linda semana! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Oi Maria um bom dia para vc, adoro as poesias de Florbela Espanca, E uma das minhas poetas preferidas, tudo que ela faz e linda embora triste. Amiga uma semana cheia de paz para vc e familia. Celina.

    ResponderEliminar

  3. O Amor é complexo, mas é lindo,
    muito lindo! Quando ele .
    Acredite no Tempo, na Amizade,
    na Sabedoria, e principalmente no Amor.
    A verdadeira amizade supõe um pacto de fidelidade,
    uma capacidade de dar sem esperar resposta.
    Em nome desse amor , que estou aqui hoje.
    Um dia especial..especial de verdade.
    O aniversário da minha princesa(Lara)
    por isso venho convidar para uma visita no meu blog.
    Uma semana abençoada e na paz.
    Beijos no coração ,Evanir

    ResponderEliminar
  4. Maria,que linda poesia escolheu!De nos emocionar!bjs e boa semana pra vc!

    ResponderEliminar
  5. Querida amiga

    Florbela
    escrevia com a vida.
    Quando adolescente
    musiquei este poema.
    Tinha esquecido,
    mas agora
    a lembrança foi
    maravilhosamente acordada.

    Que os sonhos
    te enlacem a vida.

    ResponderEliminar
  6. Oh minha amiga!!! que poema mais triste...Florbela Espanca tem poemas lindos, mas muito trsites... espero que seja apenas o poema; espero que estejas bem. Lindo dia para voce. Beijão

    ResponderEliminar
  7. Que poema mais lindo...adoro ele...passando para ler sua postagem...agradecer o carinho e te deixar um abraço querida...

    ResponderEliminar
  8. Sonetos que sempre encantam,
    quando de Florbela Espanca.
    Esse "Eu", então, é lindo... é ela!
    Um abraço, Maria,
    da Lúcia

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.