segunda-feira, 29 de julho de 2013

♫ Beautiful World - In Existence ♫




Fuga


O músico procura
Fixar em cada verso
O cântico disperso
Na luz, na água e no vento.

Porém, luz, vento e água
Variam riso e mágoa,
De momento a momento.

E em vão a área dos dedos
Se eleva! Não traduz
Os súbitos segredos
Escondidos no vento,
Nas águas e na luz...

Pedro Homem de Mello, in "Segredo" 




5 comentários:

  1. oi minha amiga,

    espero que por ai tudo esteja bem,
    muito linda a postagem de hoje...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. São sempre fonte de pureza da língua os poetas que viveram e sentiram o povo no que ele tem de mais lídimo e mais l´rico.
    obrigada , Maria, por este mimo
    Beijo..

    ResponderEliminar
  3. Magnfico, adorei.

    boa semana Maria

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  4. A fusa, se afasta
    A rimar eu vou escrever
    A alegria que não se apaga
    Nos teus olhos quero ver.

    Seu lindo poema venho ler
    Amiga Maria visitar
    Nossa amizade não esquecer
    Do que nunca, mais vale tarde.

    Boa noite e um beijo
    para você, amiga Maria.
    Eduardo.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.