domingo, 29 de janeiro de 2012

Abraço...




É demonstração de afecto
Carinho e muito amor
É saudade e lágrima
Mas também o calor




Abraço é amar
É querer aconchego
É sentir um amigo
Com todo o seu apego




Podemos abraçar
Uma causa uma pessoa
Abraço é abraço
É cingir e cercar
É não sentir espaço




Abraçar uma causa
É o que nos faz sentir
Que quem luta acredita
E nunca deve desistir




Abraçar uma criança
Transmitir-lhe carinho
É dizer-lhe com os braços
Que nunca estará sozinho




Abraçar um amigo
Com toda a fraternidade
E como dizer estou aqui!
Para a toda a eternidade




Abraçar um amor
Com toda a compreensão
É desatar todos os nós
E fazer um laço de união




Vamos assim abraçar
Uma criança, uma causa
Um amigo e o nosso amor?
Custa tão pouco abraçar...
Acreditem não dá dor!


Autor: desconhecido

Com muito carinho e amizade ESPECIALMENTE para TODOS os AMIGOS que me acompanharam na dor pela partida do meu paizinho

.... EU DEIXO ....




E a minha eterna GRATIDÃO pela vossa AMIZADE e pelas vossas carinhosas mensagens. 


AMIGOS são anjos, que nos iluminam com a sua luz ajudando-nos a encontrar o caminho no meio da escuridão.





Não existem distâncias quando a AMIZADE vem do fundo do nosso coração.

Do outro lado do Atlântico escrita com alma de amigo, veio a homenagem em forma de poesia, do meu querido amigo o poeta Antônio Lidio Gomes do cantinho "Vozes de Minha Alma".

Despedida

Deste mundo eis que em doce despedida
De humana história e que hoje não é mais
Desce prantos que no chão concebe a vida
Que do chão acolhedor transforma em paz

Do descanso almejado em tristeza e candura,
De singela despedida que a alma ora encerra
Vão consigo seus segredos, alegria e doçura,
Vão as rosas, um sorriso, e junto a terra...

Encerrada aura, dessa estrela radiante,
Abrigada no negrume aconchego,
Apagado mundo tão soturno e silente...

Jaz segredo nessa esfera que a alma desce,
Tão espesso que de Deus emana luz,
Triunfante sobre credos, sobre fé, bendita prece...


Antônio Lidio Gomes
Também a amiga Franciete do blog "Lamentos de Alma" deixou um pouco de si para aliviar a minha dor, os seus maravilhosos versos.


Maria teu lindo nome
lindo sim mas sofredor
que Deus te traga o conforto
para suportares tua dor.

faz tua vida normal
dizendo não te esqueci
porque onde ele estiver
está velando por ti.

Beijinhos de luz e muita paz
PS:beijinho especial...

Franciete


Muito obrigado Amigos pelo vosso carinho e amizade.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Para meu querido Paizinho


Meus amigos Hoje, o meu coração está dilacerado e um vazio imenso preenche a minha alma.

Faleceu o meu querido e adorado paizinho no dia 25.




Espero do mais fundo do meu coração que ele tenha conseguido sentir o quanto o amava e como ele era importante para mim.

Meu exemplo de vida, meu orgulho, meu amigo, o melhor PAI do mundo.

Sinto cá dentro uma dor tão grande, que só pensar nele me sufoca a garganta e uma dor terrível oprime o meu peito.

No hospital, já tão doente e quase de partida, disses-te que eu estaria sempre no teu coração, também tu, meu querido PAI, estarás eternamente no meu.

Não digo adeus, digo apenas até um dia!


O pintor Guido Borelli




Guido Borelli nasceu em 1952, em Caluso, Itália, no sopé dos Alpes italianos.




Nasceu numa família de artistas, o avô era fabricante e entalhador de móveis, e o seu tio e tia paternos eram pintores.




Começou a descobrir o seu gosto pela pintura ainda em criança.




Com o incentivo da família e com apenas 13 anos de idade, Guido viu pela primeira vez a sua arte ser reconhecida publicamente.




Aos 17 anos realiza a sua primeira exposição.




Estudou na Academia Albertina, em Turin. Em 1969 expõe as suas pinturas na Galeria Arts Plauda em Turin e a partir daí realizou exibições à volta de todo o mundo, entre os vários países estão o Uruguai, Holanda, Egipto, Reino Unido, Malta, Noruega, Alemanha, EUA, Espanha, Bulgaria, França, Polonia, Costa Rica, e Japão.




Além destas exposições rotativas, tem exposições permanentes em French Art Network em New Orleans EUA, em StewArt Gallery, Battle UK, na Jones & Terwilliger, Carmelna EUA, na Galerie Art Passion em St Paul de Vence, França, na Poster Galerie, Hamburg DE, e na Galleria d'Arte Portofino em Portofino, Itália.




As suas telas transmitem de forma romântica toda a beleza e encanto das aldeias à beira-mar do norte da Itália, das pequenas cidades, casas e vilas.




Borelli tem como ponto principal a natureza pintando no estilo romântico do século XIX.




Inspirado pelo jogo de luz e sombra as suas pinturas a óleo dão vida a flores, árvores, nuvens, barcos, bicicletas, ou a uma simples rua numa pacata aldeia.




Guido diz “Eu sou um verdadeiro amante da natureza e de tudo o que é suave. As minhas paisagens e casas combinam a realidade e imaginação …”




A sua arte é altamente apreciada, estando as suas pinturas espalhadas por coleções em todo o mundo, incluindo as possuídas pelos ex-presidentes Gerald Ford, Jimmy Carter e Ronald Reagan, Michael D. Eisner, Arnold Palmer, Carol Burnett, Lee Iacocca, Henry Kissinger e Oprah Winfrey, só para citar alguns.




Para conhecer melhor a sua arte visite o site oficial “Guido Borelli”.

Fontes e Fotos: http://www.guidoborelli.com/; http://fineartamerica.com/art/paintings/guido+borelli/all; wikipedia; outros net




"A arte é um instante de eternidade e perfeição." (V. Avelino)

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Natureza - Poema de Efigênia Coutinho (Mallemont)





Quando entro numa floresta, ajoelho-me,
porque ela é a mais antiga das Igrejas,
aquela em que o primeiro homem ergueu ao céu
a sua primeira prece: saudação à Natureza!

Não há sacerdotes nesta Igreja, nem velas no seu altar,
nem fumos de incenso, que saiam dos turíbulos
de prata! Há uma multidão silenciosa,
que estende os braços robustos para o alto...

E, sobre aqueles braços, uma multidão de mãos,
se abrem para implorar a vida ao sol, que tudo cria.
A natureza mais sábia, soube na Floresta preparar
bálsamos diversos, para todos os males da alma.

Porque todas aquelas folhas verdes e sussurrantes
ao vento, dizem a sua prece no murmúrio misterioso
duma língua sem palavras, tudo reza: rezam as folhas,
e com elas os insectos da Terra nos ramos entre a cortiça!

Eu me encontro como uma criança, num berço onde a
vida germina e cresce, lenta, esperançosa, apontando
a Natureza Futurecida! Nasce-se e morre-se a cada
hora a cada minuto naquele berço esmeraldino e fresco...

Efigênia Coutinho (Mallemont)




quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Só - Poema de Florbela Espanca





Eu tenho pena da Lua!
Tanta pena, coitadinha,
Quando tão branca, na rua
A vejo chorar sozinha!...


As rosas nas alamedas,
E os lilases cor da neve
Confidenciam de leve
E lembram arfar de sedas


Só a triste, coitadinha...
Tão triste na minha rua
Lá anda a chorar sozinha ...
Eu chego então à janela:


E fico a olhar para a lua...
E fico a chorar com ela! ...


Florbela Espanca


segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Abençoe - Paulo Roberto Gaefke





Não pergunte porque, e nem qual o motivo, pare uns minutos e abençoe.
Abençoe o dia, pois ele é a esperança de realizar seus sonhos.
Abençoe os familiares, pois são o seu alicerce, a base de sua vida.
Abençoe a condução, o seu carro, o ônibus, o metrô, o trem ou o barco, é como você pode se deslocar com rapidez.
Abençoe o clima; bendita chuva que limpa o ar e irriga a terra, bendito o sol que enche de vida o nosso planeta.





Abençoe os professores, que se dedicam a guiar nossos passos.
Abençoe os amigos, sem eles nós não caminhamos.
Abençoe os que nos odeiam, ou carregam inveja ou rancor, são eles que nos motivam a ser cada dia melhores.
Abençoe todos aqueles que duvidam de sua capacidade de realizar, serão a força para o seu sucesso.
Abençoe o alimento que chega até você, ele é fruto do trabalho de alguém, e vai saciar a sua fome.
Abençoe as dificuldades, elas são capazes de exercitar a sua capacidade de realizar.
Abençoe os que te criticam, serão as molas que te impulsionarão para o topo.





Abençoe os que te humilham, pobres infelizes que estão secos por dentro. Orai por eles.
Abençoe os que te caluniam, serão testemunhas da sua honestidade.
Abençoe os que se aproximam de você, e de um crédito a todos, até prova em contrário todos são dignos de confiança.
Abençoe os que te amam de verdade, é por eles que a vida vale a pena ser vivida.
Abençoe o tempo, valorize cada segundo da sua vida, o próximo minuto pode ser o seu minuto de glória, não o desperdice com lamentações.
Abençoe-se, você é a coisa mais importante para Deus neste momento.

Paulo Roberto Gaefke
Texto e Fotos: Net




"Aprenda como se você fosse viver para sempre. Viva como se você fosse morrer amanhã." (Mahatma Gandhi)

domingo, 22 de janeiro de 2012

Poema do Amigo "Poeta eu Sou"


Mais um poema lindo deixado aqui no meu cantinho nos comentários, que quero partir com todos os amigos que divagam comigo.




Estou agarrado
ás flores que amo
em mim cultivadas,
estou agarrado
aos aromáticos rebentos
meu jardim em flor,
estou agarrado
ás coloridas pétalas
que acredito colher.
estou agarrado
á flor de estufa
que procuro em ti,
estou, estou agarrado,
e quero gritar . . . e grito,
colorida flor, cura – me !

floridas conchinhas, minha amiga

Poeta eu Sou


Poema deixado em comentários no meu humilde cantinho, pelo Amigo poeta do blog "Poeta eu Sou", um cantinho que nos faz divagar através da sua maravilhosa poesia e das lindas fotografias que coloca a acompanhar. Merece sem sombra de dúvidas uma visita.

Muito obrigado Amigo pela gentileza.


Poema do Amigo José António


Os amigos poetas vão deixando aqui no meu cantinho poemas lindos nos comentários. Seria uma pena eles ficarem apenas lá, por isso vou publicando para dar a conhecer a todos os caminhantes que por aqui divaguem, esses poemas lindos que encantam a alma.



Trazem vestidos violetas
A enfeitar sua postura
Zombando de algumas rosetas
Já que lhe crescem em altura

E é tal o deslumbre provocado
Mesmo quando os olhos fechamos
Que qualquer gesto é invocado
Sendo o Céu que vislumbramos

Tapete invulgar que pisamos
No chão posto pela Natureza
Que no algodão que pisamos
Sentimos tão somente a beleza

Um abraço

José António

Poema deixado aqui no meu humilde cantinho pelos amigos Isabel e José António do blog "Poesia Viva", um cantinho lindissimo onde as poesias do José António de mãos dadas com as fotografias da Isabel, encantam a nossa alma. Merece sem sombra de dúvidas uma visita.

Obrigado Amigos

Pensamento de Domingo


Cada vez mais me convenço que o importante é viver intensamente cada bom momento que a vida nos oferece. O passado já não dá para alterar e o futuro é uma incerteza, por isso nada melhor que aproveitar o presente.

"Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira." Johann Goethe





Para TODOS desejo um excelente domingo e uma semana maravilhosa.


"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos." (Charles Chaplin)

Selinho de Aniversário de "Um Farol chamado Amizade"


Selinho oferecido pelos amigos Argos, Tétis e Poseidón para comemorarem o 3º Aniversário do seu lindissimo blog  "Um Farol chamado Amizade".




Amigos muitos parabéns, que o vosso Farol mantenha sempre acesa e bem brilhante a chama da amizade.



"Um verdadeiro amigo é alguém capaz de tocar teu coração desde o outro lado do mundo." (autor desconhecido)

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Passear pelo Huntington Botanical Gardens


Hoje vamos conhecer mais um jardim maravilhoso. Vamos divagar pelo The Huntington Library, Art Collections and Botanical Gardens em San Marino, California, USA.


Foto: http://www.huntington.org

Huntington gardens é uma instituição de ensino e pesquisa. Além de uma biblioteca, a instituição exibe uma grande colecção de arte de retratos Ingleses, na mansão encontra-se mobiliário francês do século 18, e os seus jardins botânicos apresentam diversos temas, desde uma coleção de cactos históricos, o Jardim Zen, Jardim chinês e muitos outros jardins com outras especialidades.


Foto: http://www.huntington.org

Em 1903 Henry Huntington adquiriu o San Marino Ranch, uma fazenda com pomares de citros, nozes, lavouras de alfafa, um pequeno rebanho de vacas, e aves e transformou-a num jardim botânico maravilhoso de plantas raras e exóticas.

William Hertrich, o seu superintendente foi fundamental no desenvolvimento das coleções de plantas diversas que compõem a fundação do Jardim Botânico.


Foto: www.panoramio.com_kluke4

A propriedade, originalmente cerca de 600 hectares hoje cobre 207 hectares, dos quais aproximadamente 120 são paisagísticos e aberto aos visitantes.

O jardim é composto de quatorze jardins conectados, cada um com seu próprio tema, apresentando mais de 14.000 variedades de plantas.


Foto: www.panoramio.com_Thorium.handler

Huntington Lily Ponds, as lagoas Lily - foi o primeiro jardim fundado em 1904 por William Hertrich tinha nascentes naturais que surgiram a partir de rochas na falha Colina Raymond. São quatro hectares que compõem as lagoas lírio, um lugar perfeito onde se encontram duas lagoas grandes e três pequenos lagos. A água da lagoa, que é circulada e reciclada, é o lar de tartarugas, sapos, carpas japonesas, plantas aquáticas, e ocasionalmente patos selvagens.


Foto: http://www.gardensonline.com.au

Depois, seguiu-se o Huntington Japanese Garden, o Jardim Japonês - Ocupa nove hectares, iniciou-se em 1911 tendo sido inspirado pelo fascínio ocidental generalizado pela cultura asiática e abriu ao público em 1928. Um pátio murado contendo um jardim de pedras e areia e uma área de exposição de bonsai foi adicionada em 1968. O jardim dispõe de várias formas de pinheiros japoneses vermelhos, bonitos zimbros, grandes cicas, e glicínias.


Foto: http://www.huntington.org

Huntington Desert Garden (cactus) - O Jardim do Deserto é o lar de uma das maiores e mais antigas coleções de cactos e outras suculentas do mundo. Contém plantas de ambientes extremos, muitas das quais foram adquiridas pelo Sr. William Huntington e Mr. Hertrich (o curador do jardim), em viagens feitas a vários países na América do Norte, Central e América do Sul.


Foto: www.panoramio_klule

O Huntington Chinese Garden, Jardim Chinês - Foi fundado em 1919. Inspirado pela tradição secular chinesa de jardins privados, destinados para atividades acadêmicas, Fang Liu Yuan, ou o Jardim do Flowing Fragrance, combina a beleza cênica da natureza com a expressividade da literatura para dar significado mais profundo para a paisagem. Percorrer os seus caminhos enriquece a mente e o espírito.


Foto: www.panoramio.com_Hal janzen

Huntington Rose garden - foi desenhado por Myron Hunt e plantado pela primeira vez por William Hertrich como um jardim de exibição em 1908. Na década de 1970, o jardim foi reorganizado como um "jardim coleção" com mais de 1.200 cultivares (cerca de 4.000 plantas individuais), dispostas historicamente para traçar o desenvolvimento de rosas desde a antiguidade até os tempos modernos começando com os egípcios, gregos e romanos.


Foto: http://www.huntington.org

O jardim Australiano, Australian Garden - abriu ao público em 1964, tem uma extensão de cinco hectares de prados e bosques e oferece um contraste agradável aos caminhos e gramados bem cuidados localizado no topo da colina.


Foto: http://www.huntington.org


Huntgton Camellia Garden, jardim das camélias - Com 60 espécies e 1200 cultivares, este jardim tem uma das coleções mais completas de camélias da América do Norte. As plantações são apresentadas ao longo dos caminhos.


Foto: http://www.huntington.org

Huntington Jungle Garden - Este jardim, apresenta uma floresta alta, um sub-bosque de árvores e arbustos, trepadeiras e plantas com folhas de proporções consideráveis. Crescem aqui plantas comumente associadas com os trópicos, incluindo orquídeas, bromélias, gengibre, samambaias, palmeiras, bambus, e muitos membros da família do lírio de calla, como filodendros.


Foto: Net

Palm garden, jardim das palmeiras – Abriu em 1905, contém mais de 200 espécies das mais decorativas e botanicamente mais interessante palmeiras. A coleção constitui uma das maiores representações de palmeiras em exibição pública, na Califórnia.


Foto: Net

Shakespeare Garden, o jardim Shakespeare - este jardim inclui muitas plantas e flores mencionadas nas peças de Shakespeare, incluindo papoulas, amores-perfeitos, violetas, rosas, alecrim, narcisos, íris, rosas, colombinas, e cravos. A intenção máxima deste jardim é a criação de um palco para a compreensão da arte de Shakespeare e a sua relação com as plantas.


Foto: http://www.huntington.org

No Huntington Botanical Gardens, encontra-se o gigantesco Amorphophallus titanum Titan Arum ou (aka the Flower Corpse). A flor da Titan é extremamente rara e pode alcançar mais de 6 metros de altura, sendo o seu odor excepcionalmente desagradável.


Foto: wikipedia

Quarenta jardineiros, e mais de 100 voluntários são necessários para manter as coleções botânicas, fornecer programas interpretativos para os visitantes, e propagar plantas para vendas especiais. Desde a morte de Huntington, em 1927, muitos outros jardins têm sido desenvolvidos, inclusive para plantas subtropicais e australianas, ervas e camélias, entre outros.


Foto: http://www.huntington.org

O mausoléu em forma de um templo grego de Henry Huntington e Arabella foi desenhado por John Russell Pope e foi dedicado ao amor eterno. Construído em mármore de Yule Colorado, o mausoléu situa-se numa colina e tem vista para os jardins. Era um lugar muito querido de Huntington.


Foto: www.trekearth.com_Copyright:  Cheryl Gonzalez

The Huntington gardens é um local absolutamente fascinante, onde a cultura e a natureza envolvem o visitante, permitindo um divagar pelos meandros da harmonia, serenidade e paz interior.

Para mais informações visite o seu site oficial: The Huntington Library, Art Collections and Botanical Gardens.

Fontes e Fotos : wikipedia; http://www.huntington.org/; http://www.shaunramsay.com/; Panoramio; http://www.gardensonline.com.au; outros Net


* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.


Foto: http://sandiegovoiceforrealestate.com


"A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes." Khalil Gibran