segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Preservar a vida Animal - Leão


A história da Vida na Terra é uma história de extinções, estas extinções naturais ocorrem, no entanto, ao longo de períodos relativamente longos, permitindo a evolução de novas formas de vida. Muitos animais evoluíram e depois extinguiram-se e o seu lugar na natureza é então ocupado por outro grupo de animais. Isto não é o que acontece na actualidade, com a ajuda do Homem!



Penso que é importante ir sempre “passando” a mensagem da importância de preservarmos a Natureza, a vida selvagem, o ambiente, “O nosso magnifico Planeta”.

A extinção é o desaparecimento irreversível de espécies e acontece quando o último animal de uma determinada espécie morre.

Hoje : Leão




Nome Científico: Panthera leo bleyenberghi
Ordem: CARNIVORA
Família: Felidae


Distribuição e Habitat :
Leões selvagens existem atualmente na África Subsaariana e na Ásia, embora esteja a tornar-se cada vez mais rara e restrita a áreas protegidas, e na floresta de Gir na Índia, onde permanece um número bastante restrito de indivíduos.




Identificação:
Possuem uma pelagem amarel, existindo um dimorfismo sexual bem visível, os leões são maiores e mais pesados (150-250 kg) do que as leoas (120-185 kg ) e apresentam uma extensa juba em torno da cabeça. Os juvenis exibem manchas negras na pelagem, que desaparecem com a idade. Os leões exibem um tufo de pêlos negros na extremidade da cauda. Vivem entre 10 a 14 anos na natureza, enquanto em cativeiro podem chegar a viver mais de vinte anos.




Hábitos:
Esses grandes felinos vivem em bandos de 5 a 40 indivíduos, sendo os únicos felinos de hábitos gregários. Num bando, há divisão de tarefas: as fêmeas são encarregadas da caça e do cuidado dos filhotes, enquanto o macho é responsável pela demarcação do território e pela defesa do grupo de animais maiores ou mais numerosos (contra eventuais ataques de hienas, búfalos, elefantes e outros leões machos). O leão é o primeiro a comer, as crias são geralmente as últimas e mesmo a própria mãe poderá não partilhar a refeição com elas se estiver com muita fome. Os leões são, geralmente, mais activos durante a noite. Durante a estação seca, são normalmente vistos ao princípio da manhã e ao entardecer, pois passam os períodos mais quentes do dia a descansar à sombra da vegetação.




Alimentação:
Alimenta-se principalmente de zebras, veados, antílopes e girafas. Em média, uma fêmea precisa de 5 kg de carne por dia e um macho de 7 kg. Mas, na natureza, a caça tem um ritmo irregular e por vezes acontece deles ficarem sem comer durante dois ou três dias. Podem também chegar a roubar presas de leopardos, chitas, cães-caçadores e hienas. Quando a caça é farta, são capazes de ingerir 20-30 kg de carne de uma só vez.




Reprodução:
O acasalamento pode ocorrer em qualquer altura do ano. O período de gestação é de 105 a 108 dias, após os quais nascem uma a seis crias, que são amamentadas até aos seis a sete meses de idade. As fêmeas atingem a maturidade sexual aos três anos de idade e os machos aos cinco ou seis anos.




Estatuto de conservação e principais ameaças:
É uma espécie vulnerável (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza). Está muito ameaçada pela diminuição e fragmentação do seu habitat.




Fontes e Fotos: Wikipedia; Portlasaofrancisco; zoo de Lisboa; www.saudeanimal.com.br; outros




“A Terra provê o suficiente para as necessidades de todos os homens, mas não para a voracidade de todos.” (Mahatma Gandi) .

7 comentários:

  1. Olá, amiga. Belissimo seu post! Amei as imagens. Más nos deixa tão impotentes diante da nossa realidade em preservar, cuidar do seu habitar. Parabéns pelo post e carinho com esses seres tão especiaes. Obrigada amiga! Um beijo carinhoso e boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Olá minha querida, você já deve de ter pensado que me esqueci de si; mas nunca só que nós agora temos de estar agarradas ao raio do google mais e eu não percebo patavina daquilo e digo até me chateia bastante.
    Ainda ontem estive to o santo dia, a ver se fazia um novo blogue ao meu filho, porque o que ele tinha não me deixava entrar, então não é que mesmo depois de estar incrita no google mais e ter o email e a senha, eles me dizião que a senha não correspodia, sinceramente estou a ficar farta, agora para lhe comentar só me aparece o mais , mas como eu a tenho nos favoritos foi por lá que entrei.
    Desculpe o desabafo tenha uma linda semana com beijinhos de luz e paz...
    PS:beijinhos especiais.

    ResponderEliminar

  3. Olá Maria,

    Adorei esta postagem, que nos traz informações interessantes sobre estes felinos maravilhosos.
    Sem dúvida, o homem precisa se conscientizar da importância da preservação da vida selvagem e tudo o mais
    que envolve o ambiente e a magnífica mãe Natureza.
    Lindas as imagens.

    Ótima semana.

    Beijo.



    ResponderEliminar
  4. Maria, minha amiga
    Muito obrigada pelas suas lindas palavras!
    A vida continua, sem dúvida; e ainda que com muito custo, temos que seguir em frente.

    Gostei muito deste seu post. Adoro animais, e não perco, na TV, os programas sobre "Vida Selvagem".
    É bem verdade que o Homem desrespeita, muitas vezes, a Natureza e os animais que a povoam.
    Por isso postagens como esta são muito úteis.

    Uma semana feliz. Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olá Maria.
    Muito bom o seu post de hoje com imagens muito boas.
    Boa semana!
    Beijinhos
    Lourdes

    ResponderEliminar
  6. Olá querida, realmente se todos nós tivéssemos esse cuidado não estaríamos sofrendo tanto já com secas estiagens, poluições, baixas umidades no ar. E nossos animais tão belos ainda estariam por ai vivos. Percebe-se que nossos rios estão secando. E não acordamos, não fazemos nada.
    tudo bem com você querida, dei uma sumida também não é; problema de saúde mas caminhando, ando vindo aqui bem menos. Mas tenha uma semana abençoada querida e beijinhos carinhosos para ti.

    ResponderEliminar
  7. Lindas as imagens!
    Infelizmente a realidade dói! E a extinção dos animais é algo que mexe comigo.
    Boa semana minhha querida amiga

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.