quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Só - Poema de Florbela Espanca





Eu tenho pena da Lua!
Tanta pena, coitadinha,
Quando tão branca, na rua
A vejo chorar sozinha!...


As rosas nas alamedas,
E os lilases cor da neve
Confidenciam de leve
E lembram arfar de sedas


Só a triste, coitadinha...
Tão triste na minha rua
Lá anda a chorar sozinha ...
Eu chego então à janela:


E fico a olhar para a lua...
E fico a chorar com ela! ...


Florbela Espanca


19 comentários:

  1. Querida Maria

    'Só'.
    O lado mais ternurento e romântico de Flor Espanca.Sempre muito talentosa esta grande poetisa.

    Obrigada

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  2. Oi Maria!
    Gosto muito da Florbela Espanca, mas acho-a muito melancólica, tristeza demais acaba nos matando... beijo

    ResponderEliminar
  3. A solidão vista por quem a viveu...Sempre profunda e questionàvel a nossa Florbela.Gostei da escolha.Um beijinho MAria e uma boa semana.Tita

    ResponderEliminar
  4. Florbela Espanca, simplesmente uma diva com palavras que me encantam, e me permitem divagar.

    beijinho, boa semana!
    cvb

    ResponderEliminar
  5. Traze-me um pouco da tua lembrança,
    aroma perdido, saudade da flor!

    Bom dia e beijos perfumados prá voce! M@ria

    ResponderEliminar
  6. Bonito poema, cheio de sensibilidade.
    Parabéns éla escolha!
    Abraços...

    ResponderEliminar
  7. ÓLA MINHA DOCE AMIGA LINDO POEMA DE FLORBELA -ESPANCA,APRENDI A AMAR ESTA POETIZA ATRAVEZ DE SEU BLOG POIS NÃO A CONHECIA ADORO SEUS POEMAS LINDOS
    MESMO QUE SEJAM TRISTES ALGUMAS VEZES POIS POETAS TAMBEM SENTEM TRISTEZAS.
    UM ABRAÇOAMIGA PARABENS POR SUAS LINDAS ESCOLHAS SEMPRE BJS MARLENE

    ResponderEliminar
  8. Olá Maria, obrigado pela sua visita e pelo poema da Florbela que partilhou. Este eu não conhecia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Bonita imagem....Muito bem enquadrada a Florbela...
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Querida amiga, conheci a Florbela Espanca através de você e outros amigos de Portugal.Gosto muito.
    Deixo aqui meu carinho para você desejando que tudo esteja indo bem com teu pai.Bjs no coração Eloah

    ResponderEliminar
  11. OI MARIA, PAZ PARA TODOS, LINDO POEMA DE FLORBELA ESPANCA, UMA DAS POETISAS QUE ADMIRO, EMBORA SEJA MELANCOLICA NINGUEM PODE LLHES NEGAR O SEU TALENTO.UM ABRAÇO FRATERNO. CELINA

    ResponderEliminar
  12. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderEliminar
  13. Amiga MARIA,
    Ler estre triste e maravilhoso poema é sempre um bom momento de leitura.
    Abr
    J

    ResponderEliminar
  14. Linda poesia!
    Que lindo enfeite você colocou no final!
    Beijinhos,amiga!

    ResponderEliminar
  15. Querida Maria, as melhoras do pai, que tudo corra bem.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  16. Sentimental... beleza sentimental! Engraçado, eu gosto!...

    ResponderEliminar
  17. Maria, boa noite!
    Grande poetisa, Florbela Espanca, se bem que há muito quem não aprecie, talvez pela nostalgia que tão bem caracteriza a sua poesia.

    Eu, sou fã dela!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  18. Oi Maria!
    Florbela Espanca,uma das poetas que mais gosto!
    Parabéns pela escolha...

    Beijinhos de carinho e amizade,
    Lourenço

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.