segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Jacarandá-mimoso


Jacarandá é uma árvore ornamental com flores lindissimas, que deleitam o nosso olhar quer quando estão na árvore e quer quando formam tapetes de cor e encanto.


Existem cerca de 100 espécies diferentes, que variam em tamanho de um arbusto a uma árvore, atingindo entre 2 m e 30 m de altura. Nativa das regiões tropicais e subtropicais da América Latina, encontra-se em quase todas as regiões de clima temperado.



Uma das éspecies, mais conhecida, o jacarandá-mimoso (Jacaranda mimosifolia, D. Don) é nativo da Argentina e Bolívia, e encontra-se ameaçada no seu habitat natural.

Muitos países utilizam o jacarandá-mimoso na arborização de grandes cidades, como é o caso de Portugal. Em Lisboa é de salientar as do Parque Eduardo VII, na zona do Príncipe Real e nas Avenidas 5 de Outubro, D. Carlos I e no Largo do Carmo.




O jacarandá-mimoso pode atingir um porte até 15 m de altura, a sua copa é rala, podendo ser arredondada ou irregular, tem folhagem delicada, podem ser decíduas ou semi-decíduas. O seu caule, 30 a 40 cm de diâmetro, é um pouco retorcido, com casca clara e lisa quando jovem, que gradativamente vai se tornando áspera e escura com a idade.




As folhas, que medem 40 cm de comprimento, são opostas e bipinadas, compostas por 25 a 30 pares de pequenos folíolos ovais delicados, de coloração verde-clara acinzentada, e se concentram na extremidade dos ramos. No inverno, o jacarandá-mimoso perde todas as suas folhas ou parte delas, que dão lugar às flores na primavera.




As suas flores são duráveis, perfumadas e grandes, de coloração azul ou arroxeada, em forma de trompete e arranjadas em inflorescências do tipo panícula. A floração se estende por toda a primavera e início do verão.




Os frutos são cápsulas lenhosas, muito duras, ovais, achatadas, com numerosas sementes. Surgem no outono, são lenhosos, deiscentes e contém numerosas e pequenas sementes. Podem ser são utilizados no artesanato para confecção de bijouterias.




Condições de cultivo:
Deve ser plantado em lugar que dê espaço suficiente para seu crescimento.

Solo e Rega: O Jacarandá prefere solos ricos, arenosos e bem drenados, mas apresenta grande tolerância à maioria dos tipos de solo, não resistindo ao sal. Deve ser irrigada de forma mais constante durante seus primeiros meses de idade até ela se adaptar ao novo local, após isto apenas humedecer o solo periodicamente em tempos de seca prolongada, para não deixá-lo ressecar.




Luz e Clima: requer plena exposição ao sol. Adapta-se a uma ampla variedade de locais, mas aprecia o clima subtropical. Quando jovem, não tolera frio excessivo, mas torna-se mais resistente ao frio com o tempo.


Reprodução/ Propagação : Multiplica-se por sementes. Não necessita podas ou qualquer tipo de manutenção. A poda desta árvore apenas deve ser feita para permitir a formação de um tronco central direito que garanta a estabilidade da árvore, sobretudo em zonas urbanas. Quando excessivamente podada a árvore lança ramos ladrões verticais deformando irreversivelmente a estrutura da copa.




É uma árvore maravilhosa e de grande valor ornamental pelo porte e delicadeza das suas folhas, cor e abundância das suas flores roxas brilhantes e é comumente utilizada no paisagismo de avenidas e parques.




Fontes e Fotos: “Mundodeflores”, “Wikipedia”; “JardimdeFlores”,.”jardineiro.net”; “Flores guia”; “Floresnaweb”; outros

"Ilumine a sua vida com a delicadeza das flores" (autor desconhecido)

35 comentários:

  1. Olá, Maria

    O Jaracandá é uma autêntica explosão da Natureza. Sempre me admirei do nome, que me parecia exótico e sabendo que há em Lisboa e já vi vários posts a celebrar a época dos jaracandás com lindas fotos, ficava mais admirada.
    Agora que sei a sua origem, tudo faz sentido... :)

    Maria, obrigada pela sua resposta e pela sua disponibilidade. Ainda não sei de que região irei falar. Depois digo-lhe.

    Beijo e boa semana.

    Olinda

    ResponderEliminar
  2. Olá, querida amiga Maria!

    MARAVILHOSA postagem, minha cor preferida... Foi e encher os olhos e deixar este ano que começa mais colorido.

    Ótimo ano para você e sua família.

    Bjs
    Chris

    ResponderEliminar
  3. É de facto maravilhoso.....Não sabia das sementes....mas vou querer conhecer melhor...
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Olá Maria!
    Os jacarandás são lindos! Já passei em Lisboa na Av. 5 de Outubro na altura da floração e é um encanto. Existe também uma rua e uma praça na ilha da Madeira. Infelizmente aqui no Porto e Matosinhos-Leça não há.
    Um abraço da Maria Emília.

    ResponderEliminar
  5. Amiga Maria, gostaria de ter podido comentar sobre os castelos em tempo hábil. Nao foi possível por conta da retirada do meu PC para reparos e formataçoes.
    Mas quero lhe dizer que adorei o poste sobre os mesmos, e que foi uma viagem virtual fantástica.
    Quanto aos Jacarandás, outra delícia de post.
    Adoro estar aqui. Entao, deixo um afetuoso abraço e um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Maria querida
    Lindo lindo!
    Amei e amo esta arvore.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  7. Um deslumbre lilás a encher os olhos e alma...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. querida maria que coisamais linda eatas flores lindas parBENS POR TÃO LINDAS POSTS ADOREI PARACE QUE SE SENTE O PERFUME OLHANDO PARECE QUE SE ESTA ANDANDO POR ENTRE As flores,um grande abraço amiga umaotima semana com muia paz no coração bjs marlene

    ResponderEliminar
  9. querida maria que flores lindas maravilhosas parece-me olhando as flores que se sente o perfuma que se caminha por entre as flores são divinamente belas
    obrigada amiga por esta visÃO LINDA PARA INICIAR A SEMANA UM ABRAÇO COM CARINHO MARLENE

    ResponderEliminar
  10. Oi Maria
    Viajar com voce por lugares , cidades , rios , mares enfim estar aqui contigo é ótimo Maria
    tudo de bom ! rs
    esse pos't de jacarandás está belissímo, obrigada por fazer-me conhecer mais dessa árvore maravilhosa.
    lindo demias!
    um abraço grande amiga

    ResponderEliminar
  11. Sempre tive curiosidade para saber o nome dessa flor de cores roxas tão linda!! Jacarandá-Mimoso...Nunca mais esqueço!!! Adoro vir aqui, aprender e me deleitar...Bjs querida

    ResponderEliminar
  12. Que postagem florida e lindíssima!Amei amiga!
    Boa semana!
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  13. Olá Maria! Passando para apreciar estas belíssimas imagens, frutos das tuas acertadas escolhas, assim como, agradecer a honrosa visita e o gentil comentário deixado lá no nosso humilde espaço.

    Estamos retornando às atividades, com a esperança de continuarmos merecendo o teu valioso apoio, um dos principais esteios de sustentação do nosso Arte & Emoções.

    Furtado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Simplesmente maravilhoso!!!
      Obrigada minha querida, um grande abraço.

      Eliminar
  14. *
    lindo, lindo, lindo !
    hoje também me senti florido,
    assim,
    no meu blog . . .
    ,
    estou agarrado
    ás flores que amo
    em mim cultivadas,
    estou agarrado
    aos aromáticos rebentos
    meu jardim em flor,
    estou agarrado
    ás coloridas pétalas
    que acredito colher.
    estou agarrado
    á flor de estufa
    que procuro em ti,
    estou, estou agarrado,
    e quero gritar . . . e grito,
    colorida flor, cura – me !
    ,
    floridas conchinhas, minha amiga !
    *

    ResponderEliminar
  15. Oi Maria,
    Sempre fico encantada com seus posts belíssimos, meus parabéns.
    Obrigada pelo carinho de sua visita e comentário no meu blog.
    Ótima semana e bjs

    ResponderEliminar
  16. Oi Maria, que maravilhosa sua postagem , está perfumada pela beleza dessas flores. Como é linda esse jacarandá. Beijos e ótima semana.

    ResponderEliminar
  17. Que coisa mais linda!
    Olhando de longe parece um Ipê roxo!
    É sempre bom saber um pouco mais sobre as plantas...Adoro!

    ResponderEliminar
  18. Olá, querida
    Apreciando os cachos de flores lindos... minha mente se refresca de harmonia e paz...
    Obrigada pelo lindo post!!!
    Bjm de paz e alegria

    ResponderEliminar
  19. Maria
    i
    O jaracandá, acaba sempre por me recordar a grande peça de teatro, que Amélia Rey Colaço levou à cena no extinto Teatro Avenida, "AS ÁRVORES MORREM DE PÉ, onde Varela Silva, o citava. O mais interessante, é ficar a conhecer, um pouco da bonita flor que, na sua época, vejo das minhas janelas trazeiras, numa quintarola adjacente.
    Beijos

    ResponderEliminar
  20. Maravilha de post minha amiga!
    Me senti respirando o ar puro da natureza através dessas belas e perfumadas imagens!
    Ganhei o dia!!!

    Amada, carinhos...
    Beijos

    ResponderEliminar
  21. Olá,Maria!!!

    Quanta beleza por aqui!!!Não sabia tanto sobre o jacarandá!
    Imagens deslumbrantes as que escolheste!!!
    Beijos minha querida!!
    Tudo de bom pra ti!

    ResponderEliminar
  22. Querida Amiga Maria,

    Lindas fotos de Jacarandás! Também temos algumas arquivadas, mas estas são lindíssimas.

    Trazem vestidos violetas
    A enfeitar sua postura
    Zombando de algumas rosetas
    Já que lhe crescem em altura

    E é tal o deslumbre provocado
    Mesmo quando os olhos fechamos
    Que qualquer gesto é invocado
    Sendo o Céu que vislumbramos

    Tapete invulgar que pisamos
    No chão posto pela Natureza
    Que no algodão que pisamos
    Sentimos tão somente a beleza


    Um abraço e parabéns pelo bom gosto.

    José António

    ResponderEliminar
  23. Belíssimo! Nem era necessário dizer, mas digo por ser verdade!!! ^_^•

    ResponderEliminar
  24. Minha querida Maria

    Como sempre é um deleite para os olhos passar por essas imagens maravilhosas.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  25. Que árvore mais linda, tem seu charme sobre outras, e tudo que li, poxa foi uma lição de botânica adorei! Obrigada pela beleza que vi aqui.
    com carinho
    Hana

    ResponderEliminar
  26. Maria, gostei de conhecer o seu blog! Muito bonito e construtivo, Parabéns!!!
    Sou brasileira e moro em Brasília; também gosto de poesias e de poetizar...
    Linda postagem esta...

    Abraços, Anete

    ResponderEliminar
  27. Boa noite Maria!
    Que belo post.Deixo-te o meu carinho nos versos de Matilde Rosa Araújo.

    As flores do Jacarandá
    O jacarandá florido
    Brando cantar trazia
    Branda a viola da noite
    Branda a flauta do dia

    O Jacarandá florido
    Brando cantar trazia
    O vinho doce da noite
    A água clara do dia

    Quem o olhava bebia
    Quem o olhava escutava
    O jacarandá florido
    Que o silêncio cantava

    Matilde Rosa Araújo "As Fadas Verdes", 1994

    ResponderEliminar
  28. Oi amiga Mariinha que beleza, fiquei encantada com toda esta beleza
    beijos,
    Léah

    ResponderEliminar
  29. Olá Mariinha:
    Fiquei encantada com tanta beleza, maravilhosa árvore, viva a natureza!
    beijos,
    Léah

    ResponderEliminar
  30. Maria, morei alguns meses em Portugal enquanto cursava pós-doutoramento na Univ. de Lisboa. Lembro-me da Av. D. Carlos I com as árvores em plena floração. Minha filha chegou a fazer uma bela foto. Íamos sempre lá por causa da FCT (Fundação para a Ciência e para a Tecnologia) que ali se localiza. Nossa... que emoção foi abrir seu blog e descobrir os jacarandás-mimosos de novo em floração! Obrigada por esta alegria! Ahh... o post com os castelos também está lindo! Tão bom reconhecer alguns que visitei!
    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  31. Há coincidências incríveis! sabes que o "perfume de jacarandá" fez dia 16 três anitos? e claro que este post é bem a meu gosto, tenho uma avenida enorme de jacarandás na zona onde moro, adoro-os
    Bjs

    ResponderEliminar
  32. OI MARIA QUERIDA, AGRADEÇO A SUA VISITA , E AQUI ESTOU MAIS UMA VEZ PARA ME DELEITAR
    COM AS AS BELEZAS DO SEU BLOG, E OS OS SEUS POSTS MARAVILHOSO UM ABRAÇO DE MUITA TERNURA. CELINA.

    ResponderEliminar
  33. Maravilhosas alamedas maravilhosas cores e flores!!!

    1 beijinho de parabéns!!!

    Lídia

    ResponderEliminar
  34. Olá querida Maria adentrei o blog do meu marido Norival e fiquei satisfeita com o assunto do Jacarandá Mimoso. Lindo, lindo!Quizera eu ter uma alameda maravilhosa na cidade/ Resende/RJ.Um abraço caloroso, Luísa Paiva.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.