segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Canção do Amor-Perfeito - Poema de Cecilia Meirelles



Eu vi o raio de sol
beijar o outono.
Eu vi na mão dos adeuses
o anel de ouro.
Não quero dizer o dia.
Não posso dizer o dono.

Eu vi bandeiras abertas
sobre o mar largo
e ouvi cantar as sereias.
Longe, num barco,
deixei meus olhos alegres,
trouxe meu sorriso amargo.

Bem no regaço da lua,
já não padeço.
Ai, seja como quiseres,
Amor-Perfeito,
gostaria que ficasses,
mas, se fores, não te esqueço.

Cecília Meireles, in 'Retrato Natural' (Citador)

Depois de publicar este poema que foi retirado do site "Citador", surgiu a dúvida em relação a ser este realmente o poema "Canção do Amor-Perfeito", na medida em que existe na net outro poema de Cecilia Meirelles, com o mesmo título, por isso deixo também aqui o outro poema.

O tempo seca a beleza.
seca o amor, seca as palavras.
Deixa tudo solto, leve,
desunido para sempre
como as areias nas águas.

O tempo seca a saudade,
seca as lembranças e as lágrimas.
Deixa algum retrato, apenas,
vagando seco e vazio
como estas conchas das praias.

O tempo seca o desejo
e suas velhas batalhas.
Seca o frágil arabesco,
vestígio do musgo humano,
na densa turfa mortuária.

Esperarei pelo tempo
com suas conquistas áridas.
Esperarei que te seque,
não na terra, Amor-Perfeito,
num tempo depois das almas.

Cecília Meireles

15 comentários:

  1. Cuánta belleza de poema..!! mis felicitaciones...

    Y saludos...


    SERGIO

    ResponderEliminar
  2. Ler um poema de Cecília Meireles nesta madrugada dá-nos uma nova força para encarar a chuva e o fresco do dia.

    ResponderEliminar
  3. Como sempre, a Cecília lírica e muito romântica. Capaz de fazer a emoção prisioneira nas palavras;

    ResponderEliminar
  4. Esse poema de Cecília é muito lindo

    Maria!


    Começe essa semana fazendo uma limpeza!
    Varra de seu coração:
    a tristeza, a angústia, a aflição,

    Varra de sua vida:
    a inveja, a maledicência, a fofoca

    Varra do seu corpo:
    a preguiça, o tédio, os maus pensamentos

    Varra de seu caminho:
    o mau olhado, o mau agouro, o mau pressentimento

    Deixe fluir a alegria de sua alma
    Trabalhe seu corpo para o bem

    Agradeça por seu trabalho
    e acima de tudo
    começe sua semana com
    FELICIDADE no coração

    Se você procura um trabalho
    agradeça pela nova oportunidade
    que você tem de procurar um trabalho,
    mais uma chance de encontrá-lo

    Pois novos horizontes se aproximam
    novas alegrias irão chegar
    e seu coração
    estará pronto pare receber tudo isso.

    Desejo a você, uma linda semana!

    (Autor Desconhecido).

    bom dia amiga.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  5. Olá, Maria!

    A chegada do Outono, o desencanto, e o conformismo perante o que, aparentemente, não terá remédio...
    Poderíamos ser nós a falar destes dias Outonais ... e tão tristes.

    Beijinhos; boa semana.
    Vitor

    ResponderEliminar
  6. Minha amiga:
    Adoro Cecília Meireles e todos os seus poemas, este então é lindo e perfeito para este Outono.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Olá,Maria,que lindo o poema,obrigada pelo comentário carinhoso no blog.Ótima semana,bjims.

    ResponderEliminar
  8. Amiga Maria.O outono sempre é nostalgico e muito belo por várias coisas,entre as quais a bela poesia de Cecília que é um bálsamo para quem o lê...e gostei muito,obrigada por partilhar.
    Beijinho e boa semana.

    ResponderEliminar
  9. Seme nos presenteia com poemas e outras coisas lindíssimas.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. Um belíssimo poema de uma grande senhora da Língua Portuguesa.

    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Adorei o seu cantinho. As cores, mas os amores -perfeitos foram cinco estrelas, Maria.

    ResponderEliminar
  12. A Cecília Meireles é um encanto!!! Desejo uma ótima semana!!!

    Beijos de passarinho!!!

    ResponderEliminar
  13. Amores-perfeitos são os meus favoritos. As flores. Os outros não existem.

    beijos, Maria. Aqui, noite amena de estrelas.

    ResponderEliminar
  14. linda poesia de Cecilia Meireles, e lindo teu blog também, amei as flores e os animais, muito legal e interessante. Sempre que tiver novas postagens estarei atenta. Bom fim de semana para voce e parabéns.

    ResponderEliminar
  15. A nosso Cecília como sempre muito criativa escrevendo ;)

    BJOS GALERA ;)
    THAIS

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.