quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Flor de maracujá - Poema de Fagundes Varela





Flor de maracujá

Pelas rosas, pelos lírios,
Pelas abelhas, sinhá,
Pelas notas mais chorosas
Do canto do sabiá,
Pelo cálice de angústias
Da flor do maracujá!

Pelo jasmim, pelo goivo,
Pelo agreste manacá,
Pelas gotas de sereno
Nas folhas do gravatá,
Pela coroa de espinhos
Da flor do maracujá.

Pelas tranças da mãe-d'água
Que junto da fonte está,
Pelos colibris que brincam
Nas alvas plumas do ubá,
Pelos cravos desenhados
Na flor do maracujá.

Pelas azuis borboletas
Que descem do Panamá,
Pelos tesouros ocultos
Nas minas do Sincorá,
Pelas chagas roxeadas
Da flor do maracujá!

Pelo mar, pelo deserto,
Pelas montanhas, sinhá!
Pelas florestas imensas
Que falam de Jeová!
Pela lança ensanguentada
Da flor do maracujá!

Por tudo que o céu revela!
Por tudo que a terra dá
Eu te juro que minh'alma
De tua alma escrava está!!..
Guarda contigo este emblema
Da flor do maracujá!

Não se enojem teus ouvidos
De tantas rimas em - a -
Mas ouve meus juramentos,
Meus cantos ouve, sinhá!
Te peço pelos mistérios
Da flor do maracujá!

(Fagundes Varela)



13 comentários:

  1. Poema maravilhoso e linda flor!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria,
    Poema maravilhoso, verdadeira oração, ilustrado pela emblemática flor do maracujá, símbolo da paixão.
    Com toda a amizade,
    J

    ResponderEliminar
  3. OI MINHA LINDA QUE LINDO POEMA, MARAVILHOSO, E FLOR QUE SE CHAMA A FLOR DA PAIXÃO DEVE REFERIR-SE À PAIXÃO DE CRISTO!
    OLHE MEU BEM O CANTINHO QUE VISITOU EU FIZ PARA ALEGRAR A NETA QUE TAMBÉM QUERIA UM BLOG.
    MUITO OBRIGADA PELO COMENTÁRIO, TENHA UM LINDO DIA BEIJINHOS DE LUZ E PAZ

    ResponderEliminar
  4. Só mesmo um poeta Brasileiro para fazer um poema tão cheio de alusões à vida e aos cheiros daquele lindo país a propósito da Flor da Paixão.
    Se fosse de origem Baiana não teria certamente esquecido de rimar também com Iemanjá, Rainha do Mar e Deusa da Fertilidade.

    Beijossssss

    ResponderEliminar
  5. Lindíssima poesia do Varela, nasce até em nós a vontade de ser como uma borboletinha misturada ao doce néctar. Teu blog é lindo! Hei de seguí-lo.

    ResponderEliminar
  6. Um poema lindo e maravilhoso.
    Um balsamo para a alma e, um alimento para o espirito.
    Manuel Aldeias

    ResponderEliminar
  7. Adoro maracujá em flor, em licor em fruto etc...e gostei do poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Muito lindo esse poema, parabéns pela postagem,beijos.

    ResponderEliminar
  9. Querida amiga, tem um selinho para você no Devaneios, espero que goste. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

    ResponderEliminar
  10. MUITO LINDO , DEDIQUEI ESTE POEMA A MINHA FILHA QUE É TAO LINDA COMO ESTA FLOR
    OBRIGADA PELA OPORTUNIDADE DE CONHECER ESTE PORMA FIQUE COM DEUS

    ResponderEliminar
  11. Lindo e delicado poema.
    já tive pés de maracujá doce e azedo em casa, suas flores são realmente emblemáticas!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.