sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Divina Música - Poema de Gibran Khalil Gibran



Filha da Alma e do Amor.
Cálice da amargura
e do Amor.
Sonho do coração humano,
fruto da tristeza.
Flor da alegria, fragrância
e desabrochar dos sentimentos.
Linguagem dos amantes,
confidenciadora de segredos.
Mãe das lágrimas do amor oculto.
Inspiradora de poetas, de compositores
e dos grandes realizadores.
Unidade de pensamento dentro dos fragmentos
das palavras.
Criadora do amor que se origina da beleza.
Vinho do coração
que exulta num mundo de sonhos.
Encorajadora dos guerreiros,
fortalecedora das almas.
Oceano de perdão e mar de ternura.
Ó música.
Em tuas profundezas
depositamos nossos corações e almas.
Tu nos ensinaste a ver com os ouvidos
e a ouvir com os corações.

Gibran Khalil Gibran


8 comentários:

  1. Lindo poema de Gibran, todos muito belos, assim como Cecília Meireles e outros. Estou a te seguir, muito lindo seu blog, tambem sou mãe, avó esposa e amo passar pelos meus amigos e ver suas postagens me alegra muito. Vim através do Arnoldo grande amigo. Bom dia para você e beijos no coração querida.

    ResponderEliminar
  2. Realmente, um poema profundamente belo e verdadeiro! Linda imagem!!! Amiga, carinhos... Bjsss

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, Maria!
    Gosto muito deste escritor e gostei da tua escolha.
    Deixo-te o meu carinho e o desejo de um ótimo final de semana nos versos abaixo.

    "As palavras são eternas.
    Deveis pronunciá-las ou escrevê-las,
    lembrando-vos da sua eternidade."
    khalil Gibran

    Bjs
    Mara

    ResponderEliminar
  4. Escolhes tudo com cuidado e muito carinho pra postar e acertas sempre!Lindo!beijos,ótimo fds,chica

    ResponderEliminar
  5. Khalil Gibran, este filósofo e pintor de frases, poemas e pensamentos tão profundos.
    Adoro, Maria...
    Obrigada por sempre estar comigo, no meu INFINITO.
    Abração

    ResponderEliminar
  6. Maria: Lindissima escolha adorei porque gosto do autor.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  7. Amiga

    Obrigada pela visita
    adorei a música...

    um beijo para ti...

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.