sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Animais Raros e Exóticos


A natureza surpreende-nos sempre pela sua beleza e diversidade.

Hoje apresento aqui alguns Animais Exóticos.

Lagarto com pescoço de rufo ou Dragão rufadoo (Frill-necked Lizard)
Encontram-se principalmente no Norte da Austrália e Sul da Nova Guiné. O lagarto voador é assim chamado devido ao grande rufo que se encontra á volta do seu pescoço, que normalmente fica dobrado ao longo do seu corpo, abrindo-se frequentemente quando está com medo, tentando assustar assim os predadores ou na altura do namoro.


Tarsier
São pequenos primatas que possuem grandes olhos que os ajudam a desenvolver as suas normais actividades noturnas. Recebem este nome pelo alongado osso tarso no pé. Podem ser encontrados nas florestas do Brunei, da Indonésia e da Malásia.  
 

Aye Aye
É um primata nativo, ameaçado de extinção, de Madagascar. Nocturno e arborícola, possui pêlo negro e um dos seus dedos é maior, sendo usado para conseguir caçar larvas nos buracos das árvores.


Proboscis Monkey (macaco narigudo)
Este singular macaco habita os mangues e seu nome popular deriva do facto dos machos possuírem um nariz longo e flexível. Acredita-se que essa característica influencie a escolha da parceira sexual. Só existem na ilha de Bornéu e encontram-se na lista de animais com perigo de extinção.


Axolotle
O axolote ou axolotle é uma espécie de salamandra que não se desenvolve na fase de larva. Esta é a classe mais conhecida das salamandras mexicanas. Ao contrário do que ocorre com os seus parentes próximos, como sapos e rãs, que passam a viver na terra quando deixam as formas larvais, os axolotes permanecem na água toda a vida. O seu único habitat natural é nos lagos próximos da Cidade do México, em especial o lago Xochimilco e o lago Chignahuapan.


Pink Fairy Armadillo
É a menor espécie de tatu do mundo (mamíferos da família Dasypodidae, mais conhecido por ter uma concha de armadura óssea). Também conhecido com Tatu encantador e tatu fada rosa. Pode ser encontrado nos pastos secos de toda a área central da Argentina, onde vive em pastagens secas, com arbustos espinhosos e cactos. Tem a capacidade de enterrar-se completamente em questão de segundos, se estiver assustado.


Star-nosed Mole
É uma pequena toupeira encontrada tanto no Canadá como nos EUA. O seu nariz serve como órgãos sensoriais de tacto que ajudam a toupeira a guiar-se no escuro dos seus túneis.


Peixe Bolha (Blobfish)
É um peixe que habita as águas profundas nas costas da Austrália e Tasmânia. Devido à inacessibilidade de seu hábitat, é raramente visto por humanos. Estes peixes podem ser encontrados em profundidades onde a pressão é dezenas vezes maior que ao nível do mar. Para permanecer flutuando sem gastar energia para nadar, o corpo do peixe é ligeiramente uma massa gelatinosa com uma densidade menor do que da água.


Polvo Dumbo ((Dumbo Octopus)
São criaturas bentônicas, que vivem em profundidades extremas: 3000-4000 metros, e são alguns dos mais raros da espécie Octopoda. São animais pelágicos, tal como todos os outros polvos. Eles pairam acima do mar, à procura de vermes, moluscos bivalves, copépodes pelágicos, crustáceos e outros. Movimentam-se pelos impulsos dos braços, atirando água através do seu funil, ou pelas suas orelhas parecidas com barbatanas. Podem usar estas técnicas separadamente ou simultaneamente.


Podem ser diferentes, mas cada ser vivo da Natureza, têm a sua beleza muito própria e faz parte desta cadeia maravilhosa que é a "VIDA", devendo ser respeitado, protegido e preservado.

Fontes: email; Wikipedia; outros

Frill-necked Lizard

”Maravilhas nunca faltam no mundo, o que falta é a capacidade de senti-las e admirá-las." (J. Paul Shmitt)

12 comentários:

  1. Mundo animal maravilhoso.
    Tantos destes animais são completamente desconhecidos e outros desaparecerão por erros do homem contra a natureza - poluição.

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga, eu sempre comento com minha filha que o departamento de criação lá de cima, tem uma imaginação incrível, pois criam criaturas bizarras demais. Cada um tem sua peculariedade, todos equipados com algum tipo de defesa, são muito superiores ao ser humano. Adorei o post. Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Vivendo e conhecendo sempre...

    Incrível....são diferentes...e cada um tem a sua beleza....mundo perfeito!

    bjos!

    Zil

    ResponderEliminar
  4. Nunca os tinha visto antes, e saber que nesse mundo animal tem muitas e muitas espécieis que ainda desconheço.

    Bom fim de semana amiga.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  5. Que pena alguns estarem já em risco de extinção.
    A natureza é sempre perfeita nas suas obras.

    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Mas que colecção arranjou...alguns parecem
    surreais....Sempre a aprender...
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Post muito interessante.

    Beijo e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. Estou maravilhada com tanta beleza e diversidade desses seres, acho eles todos lindinhooosss


    beijos,

    ResponderEliminar
  9. Boa noite Maria,
    adorei este post, pude observar animais que nunca tinha visto, excelente!

    Beijinhos,
    Ana Martins
    Ave Sem Asas

    ResponderEliminar
  10. Apenas um deles, o primeiro que conhecia. São tantas espécies que conhecê-las em sua totalidade é realmente muito difícil.

    Gostei do blog e das informações.


    As ilustrações então... de primeira.


    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  11. Lindo !!!!! Amo tudo que é diferente !!!!!Fico fascinada!!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.