sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Saber Viver - Poema de Cora Coralina


Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar.

Cora Coralina


8 comentários:

  1. Olá Maria!

    Para dar sentido à vida basta apenas esse "tão pouco", que no fim é tudo. É bem simples a receita ... que nem sempre conseguimos aviar.

    Beijinhos.
    Vitor

    ResponderEliminar
  2. Um dos mais belos poemas de Cora Coralina.

    Fim de semana de muitas alegrias.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  3. Lindo poema e Cora é maravilhosa!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  4. Olá Maria!
    Lindo poema,uma lição de vida...Parabéns pela escolha!!!
    Bom fim de semana,
    beijinhos de carinho e amizade,
    Lourenço

    ResponderEliminar
  5. Querida amiga, Cora Coralina é sempre pura emoção...Tenha um lindo final de semana..Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Olá, querida
    "Braço que envolve e palavra que conforta"...
    Assim me senti ao ler seu post de hoje. Obrigada.
    Um grande abraço de paz.

    ResponderEliminar
  7. Que saudade, Maria!

    Gosto muito deste poema da Cora Coralina, é o que tenho tentado fazer ultimamente "Viver intensamente" todos os momentos.

    Beijos
    Chris

    ResponderEliminar
  8. Maria, linda poesia, como são todos os versos de Cora Coralina,Uma semana de muita paz para vc. Um abraço carinhoso. Celina.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.