domingo, 22 de agosto de 2010

Selo um coração que ama


Recebi este selo do meu amigo Arnoldo Pimentel do blog (http://ventosnaprimavera.blogspot.com/) e repasso para todos os amigos que queiram levar. Junto com o selinho está  um poema lindo, do amigo Arnoldo Pimentel e Silviah Carvalho.

AMOR E AMIZADE (Arnoldo Pimentel e Silviah Carvalho)

A brisa toca a noite com seu silêncio
Pareço ouvir o aroma leve do vento a tocar em ti
Que me leva a quimera de momentos
Recordações criadas por mim

Se eu contasse quantos castelos de areia desfiz
E quantos com minhas próprias mãos construí
Desfaria amizades, inutilizaria lembranças
Mataria esperanças das muitas promessas que ouvi

Imagino sorrisos, seus cabelos soltos no ar
Seus olhos a me fitar, sinto-me feliz só em pensar
Vivo tardes de lembranças que me nutrem de esperança
De talvez um dia... Quem sabe um dia te encontrar

Esperança, palavra por mim desconhecida
Quase perdi a vida tentando a encontrar
Porem não me dou por vencida e prefiro esperar
Esse amor tão falado, do qual vivo a me esquivar

Você me perguntou o eu faria se gostasse de alguém
Respondi que ficaria sempre perto dela, a tratando bem
Com amor, amizade, carinho, lhe suprindo as vontades
Para que nada desejasse de mais ninguém

Sei, não posso pôr sentimento em seu coração
Mas posso ser seu amigo, mais ainda que um irmão
...Quem sabe assim ela me notasse
Quem sabe assim você me amasse...

O amor necessita de alimento
Torna-se um tormento senão saciar
Vem o sofrer, a carência, a saudade
A amizade já é um amor...com outras finalidades


Visitem o blog que presenteou o Ventos na Primavera, "Um coração que ama!" http://umcoracaoqueama.blogspot.com/, é um cantinho lindo, cheio de magia e encanto.


Recados Para Orkut

Um excelente Domingo para todos.

4 comentários:

  1. Um poema muito bonito e que nos encanta com as comparações.
    parece entrarmos no raciocínio do autor e com ele construir muitos castelos de areia, espuma e estrelas.

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria.
    Tens razão, um poema lindo, uma declaração de bem querer e rara beleza.
    Vim também deixar o desejo de um óptimo Domingo, e um kandando amigo.
    Valeu aqui chegar e estar!

    ResponderEliminar
  3. Olá Maria!

    Começando pelo arranjo de rosas(a minha flor favorita)direi que é lindíssimo. Quanto ao poema não o é menos, mas cheio de espinhos em volta duma rosa que alguém sonha encontrar,
    mas sem saber como até ela chegar ...

    Beijinhos; bom domingo.
    Vitor

    ResponderEliminar
  4. "O amor necessita de alimento
    Torna-se um tormento senão saciar"

    Maravilhoso poema... e merecidas as homenagens.

    Fique na Paz!!!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.