segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Meu amor, meu amor, é Primavera - Poema de Florbela Espanca




É Primavera agora, meu Amor!
O campo despe a veste de estamenha;
Não há árvore nenhuma que não tenha
O coração aberto, todo em flor!

Ah! Deixa-te vogar, calmo, ao sabor
Da vida... não há bem que nos não venha
Dum mal que o nosso orgulho em vão desdenha!
Não há bem que não possa ser melhor!

Também despi meu triste burel pardo,
E agora cheio a rosmaninho e a nardo
E ando agora tonta, a tua espera...

Pus rosas cor-de-rosa em em meus cabelos...
Parecem um rosal!
Vem desprendê-los!

Meu Amor, meu Amor, é Primavera!...

Florbela Espanca 




14 comentários:

  1. Maria querida, é linda esta poesia de Florbela Espanca, é a minha poetisa preferida.uma semana de muita paz para vc e os seus. um carinhoso abraço de celina.

    ResponderEliminar
  2. Muito linda e profunda a poesia que você escreveu, parabéns pela escolha.
    Grata pela sua presença sempre tão agradável no meu blog.
    Boa semana, um abraço!

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga, linda poesia de Florbela, como tudo o que escreveu...Tenha uma linda semana...Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Florbela Espanca e os seu versos melodiosos, cheios de vida e perfume da terra

    ResponderEliminar
  5. *
    uma boa opção
    parabens,
    ,
    E nesta febre ansiosa que me invade,
    Dispo a minha mortalha, o meu burel,
    E, já não sou, Amor, Sóror Saudade...
    Olhos a arder em êxtases de amor,
    Boca a saber a sol, a fruto, a mel:
    Sou a charneca rude a abrir em flor!
    ,
    in-Florbela Espanca,
    ,
    conchinhas floridas,
    deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o amor! A O amor e como uma flor roxa que so nasce no coraçao dos trouxas !!!

      Eliminar
  6. Da minha querida Florbela, mais um belo poema.

    Beijo e boa semana.

    ResponderEliminar
  7. Minha querida para você com toda a minha amizade.

    ., . - . - , _ , .
    .) ` - . .> ' `(
    / . . . .`\ . . \
    |. . . . . |. . .|
    . \ . . . ./ . ./
    .. `=(\ /.=`
    .... `-;`.-'
    ......`)( ... ,
    ....... || _.-'|
    ........|| \_,/
    ........|| .*´¨)
    ¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` *
    *´¨)Aos meus queridos amigos, um вєιנo e uma flor♥*♥
    ¸.•´¸.•*... ¸.•*Franciete*férias*
    (¸.•´ (¸.•` **♥*♥

    ResponderEliminar
  8. Olá Maria, boa noite
    Lindíssimo este poema de Florbela, tal como toda a sua poesia. É uma das minhas preferidas.
    Parabéns pela óptima escolha.
    Beijinhos do tamanho do Universo :) Noite feliz

    ResponderEliminar
  9. Ola Maria: linda poesia de Folorbela, como é lindo tudo o que ela escreveu. Adorei.
    Um beijo
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  10. Belissíma poema de Florbela.

    Boa noite.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  11. Lindo e encantador esse poema da Florbela, parabéns, é bom demais vir aqui, tudo de bom pra você,beijos.

    ResponderEliminar
  12. Minha querida
    adorei este poema de Florbela, de quem eu gosto muito.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  13. Oi Maria, tem um selo de presente pra você no meu blog: http://ventosnaprimavera.blogspot.com

    espero que goste, beijos, tudo de bom pra você e família

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.