sábado, 26 de junho de 2010

Procissão de S.João Batista em S. João da Talha


Em junho os Santos Populares comemoram-se por todo o país. Este ano o meu Pedro que é escuteiro e o meu marido fizeram parte da procissão. Eu apenas tirei algumas fotografias, pois dado que ainda não estou 100% recuperada da minha operação, não deu para acompanhar totalmente as celebrações.


É uma procissão muito bonita, que acompanhada pelos escuteiros ainda a torna mais especial. É um prazer enorme ver todos aqueles jovens compenetrados na sua fé. Vou acompanhar a procissão com um pouco da história de S. João da Talha.

Foto de: Victor M T Henriques

São João da Talha foi até ao século XIV parte integrante da freguesia de Sacavém, sendo referenciada como Sacavém Extra-Muros, ou simplesmente Talha. Reza a lenda que D. Afonso Henriques, deslocando-se para tomar Lisboa, aqui parou e rezou numa velha ermida então existente.

Em 1371, D. Fernando ofereceu Talha, Frielas e Unhos, como prenda de casamento à sua filha, D. Leonor Teles.


A 7 de Abril de 1385, D. Nuno Álvares Pereira recebeu o reguengo de Sacavém Extra Muros (Talha).

O nome “S. João da Talha” resultou do nome da igreja, cujo padroeiro é “S. João Baptista” que se localizava num “lugar” conhecido por “Talha”. Com o aumento demografico do lugar, e para melhor situar a igreja, passou a chamar-se “S. João do Lugar da Talha”. Foi este nome que apareceu no manuscrito do padre Filipe de Carvalho, no séc. XVIII. Como o nome “S. João do lugar da Talha” era demasiado longo, simplificou-se dando origem a “S. João da Talha”.


A Freguesia de S. João da Talha foi criada em 1388 (Séc. XIV), resultante do desmembramento de Sacavém. “Talha” ganhava autonomia e passava a freguesia localizada no lugar da “Talha Grande”.

Por um decreto de 26 de Julho de 1896, esta freguesia foi anexa à vizinha Santa Iria de Azóia, permanecendo nela integrada, como simples lugar, até ter sido reconstituída como freguesia em 1939.


Em 1989, em virtude do seu elevado crescimento demográfico e económico, o sítio da Bobadela tornou-se uma freguesia autónoma, separando-se assim de São João da Talha.

Em 1 de Julho de 2003 S. João da Talha é elevada a vila.


Fontes: Wikipedia; http://www.jf-sjoaodatalha.pt/

Sem comentários:

Enviar um comentário

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.