quinta-feira, 20 de maio de 2010

Rosa - Uma flor Fascinante

As Rosas são consideradas rainhas entre todas as flores. Elas conservam um perfume agradável, podem ter diversas cores, tonalidades e formatos, desde vermelhas, brancas, amarelas ou rosas, são magníficas e sedutoras.


O nome vem do latim rosa e do grego rhodon , de origem asiática, elas estão entre as flores cultivadas, mais antigas do mundo. Há pelo menos 4 mil anos antes de Cristo, os assírios, babilónios, egípcios e gregos já usavam esta flor como elemento decorativo e para cuidar do corpo e em banhos de imersão.


Anacreonte, o fabuloso poeta grego, deixou escrito que quando o mar criou Vénus, a terra, invejosa, mostrou que também podia criar a perfeição de beleza, produzindo a rosa. Quando os deuses viram a flor, prestaram homenagem à sua perfeição dotando-a do aroma do néctar. Então a rosa passou a ter aroma semelhante à sua beleza.


No Egipto, Cleópatra atapetou o hall de seu palácio com 18 polegadas de rosas para receber o grande general romano Marco António. Nas festas romanas, os participantes coroavam suas cabeças com rosas. Durante o império romano foi criado um feriado – Rosália – em honra da flor.


Existem milhares variedades de rosas conhecidas. Uma das figuras históricas que impulsiona a popularidade da rosa nos tempos modernos é a Imperatriz Josefina, apaixonada pelas rosas. No seu jardim, no “Chateau de Malmaison”, possuía uma das maiores colecções da Europa que, aliás, não parou de crescer até a sua morte em 1814. Foi igualmente em França que, em 1816, surge a primeira rosa Hibrida Perpetua – a “Rose du Roi” – produzida nos jardins reais de Sèvres, em Paris.

Rosa Rosas - amizade, carinho, gratidão, agradecimento

Ao todo, 126 espécies originais silvestres resultaram, com o passar dos séculos e a intervenção da civilização, em mais de 30000 híbridos, agora espalhados por todo mundo, , surgindo todos os dias novos cruzamentos e melhoramentos.


Uma mutação curiosa provocada em laboratório são as rosas verdes. Este tipo de rosas somente floresce em estufa e é cultivado em poucos países com alta tecnologia, por isso têm custo alto de importação.
São utilizadas em buquês de noivas e arranjos de festas, pois não se adaptam bem a jardins. A sua tonalidade desde verde claro ao verde musgo chama a atenção, são exóticas e não menos bonitas que as outras tonalidades. Esta cor de rosas simboliza esperança, juventude e equilíbrio.




As rosas podem ser classificadas como silvestres, contemporâneas de jardim ou antigas de jardim. Podem ser de porte arbustivo, trepadeiras, de corte, de flores agrupadas, miniaturas, de flores grandes, etc


O cultivo de rosas é considerado uma arte, além de ser muito agradável à alma. As rosas enaltecem o jardim ou o ambiente dando ar de requinte e delicadeza.

Rosa Vermelha - amor, paixão

Onde plantar
De preferência, num local ensolarado e bem arejado. Para florescer bem e praticamente o ano todo, a roseira precisa de sol pleno, ou seja, pelo menos de 6 a 7 horas diárias de luz solar directa. Recomenda-se um local arejado, para evitar a o surgimento de fungos nas folhas e flores, especialmente em regiões chuvosas.

Solo:
As roseiras podem desenvolver-se bem em qualquer tipo de solo, mas é preferível garantir uma terra mais para argilosa, que tenha boa drenagem. O solo rico em húmus é especialmente benéfico para as rosas. Quanto ao pH, o índice ideal situa-se entre 6,5 e 7 (neutro). Em lojas de produtos para jardinagem, é possível adquirir kits para medir o pH do solo.

Rosa Chá - respeito, admiração

Como plantar
Cerca de uma semana antes de plantar as mudas, cave bem a terra até cerca de 40 cm de profundidade. Para cada m2 de canteiro, incorpore uma mistura de 15 Kg de esterco curtido de gado e 200g de farinha de ossos.

Cortar as hastes a uma altura cerca de 15 cm, acima do enxerto.

Introduzir a planta de forma a não dobrar as raízes, cobrindo-as com a terra preparada pisando-a em redor para evitar as bolhas de ar. O ponto do enxerto devera ficar enterrado a uns 2 cm de profundidade.
Depois de plantadas regar abundantemente (12 a 15 litros de agua), para que a terra fique perfeitamente aconchegada as raízes.

Espaço a deixar entre as mudas quando se planta:
Existem vários tipos ou variedades de roseiras (silvestres, híbridas-de-chá, sempre-floridas, miniaturas, rasteiras, arbustivas, trepadeiras e cercas-vivas) e o espaçamento vai depender da variedade de rosa que estiver sendo plantada. É possível basear-se no seguinte:
• arbustivas: 1 metro entre as mudas
• trepadeiras: de 1 a 2 metros entre as mudas
• cercas-vivas: 50 a 80 cm entre as mudas
• híbridas-de-chá e sempre-floridas: 50 cm entre as mudas
• miniaturas: 20 a 30 cm entre as mudas
• rasteiras: 30 cm entre as mudas

Rosa Amarela - felicidade, amizade

Período ideal para plantar:
Se o plantio for feito com mudas "envasadas" (normalmente vendidas em sacos plásticos), não há restrição para o plantio: pode ser feito em qualquer época do ano, mas os especialistas recomendam evitar os meses mais quentes, sempre que possível. Já para o plantio com mudas chamadas de "raiz nua", o período mais indicado vai da segunda metade do Outono à primeira metade da Primavera.


Rega:
Logo após o plantio das mudas e até a primeira floração, regue moderadamente, mas todos os dias. Depois disso, recomenda-se regar uma vez por semana no Inverno e duas vezes por semana em época de seca.
Uma dica: a terra deve permanecer ligeiramente seca entre uma rega e outra.

Luz: Prefere locais com boa luminosidade. Evitar falta ou excesso de luz.


Temperatura: Cultura mesotérmica. As rosas preferem temperaturas amenas.

Rosa Laranja - fascínio, encanto

Adubação
De preferência, deve-se fazer de 2 a 3 adubações anuais: a primeira logo após a poda anual (entre Julho e Agosto); a segunda entre Novembro e Dezembro e a terceira entre os meses de Janeiro e Fevereiro.

Floração:
As roseiras dão rosas desde a Primavera até Outono.

Rosa Branca - pureza, paz

Quando deve ser feita a poda
A primeira poda deve ser feita cerca de um ano após ter sido plantada e repetida todos os anos. Em termos gerais, a época da poda da roseira será na Primavera. No entanto, se for uma zona muito fria, é aconselhável também podar no Outono, para que elas não sofram danos fortes durante o Inverno.

Transplantação: A melhor altura para proceder ao transplante de roseiras é durante o fim de Inverno ou Início da Primavera.


Multiplicação: Semente, estacas ou por enxertia de garfo ou de borbulha.

Pragas e doenças: Nemátodos, afídeos, ácaros, cochonilha, tripés, podridão.

São as mais presenteadas por simbolizarem os mais belos sentimentos, o amor, amizade, gratidão, respeito, carinho, enfim um mundo de emoções. Para além de decoração as rosas são usadas na produção de cosméticos, remédios e infusões para chás aromáticos.

São sempre um presente de charme independentemente da cor ou tipo, elas agradam a todos os gostos.

Fontes: “Mundodeflores”, “jardimdeflores”; “portalmundodasflores”;PlantasdeInterior”, “Jardicentro - Autor: André M. P. Vasconcelos”
Fotos: Net


"Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa." (Antoine de Saint-Exupéry)

18 comentários:

  1. Maria, eu fico encantada com seu blog.
    Que lindas, meu Deus!!! Vou levar uma rosa pra mim,pois hoje é o dia do meu aniversário. Posso?
    Beijos
    Glória

    ResponderEliminar
  2. Bom dia
    Li com muita atenção este artigo, pois tenho algumas roseiras no jardim e estou sempre preocupado quando estão doentes ou se desfolham rapidamente.As minhas preferidas são as brancas, mas tenho algumas de outras cores.
    Rosa escuro, matisado, salmão, rosa velho, matizado de branco e amarelo.
    As rosas de Santa Teresa são um primor com aqueles cachos de rosas pequeninas.

    ResponderEliminar
  3. Maria minha flor de amiga...amei as dicas maravilhosas que você nos deu sobre as Rosas...como são encantadoras...lindas demais!
    Não tenho rosas em meu jardim...me deu vontade de cultivá-las, diante de tanta beleza.
    Beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  4. Minha querida.....

    Cheguei a me sentir dentro de um sonho lindo!!!
    Obrigada pelas informações, coroadas de beleza, de puro encantamento...da mais intensa poesia que é a vida...criação de Deus!
    Lindo!
    Beijo carinhoso
    Bea

    ResponderEliminar
  5. Um mar de perfume e cor
    na magia que tem essa flor...

    apesar de gostar de flores mais singelas
    não posso deixar de apreciá-las a elas!
    Obrigada pela explicação
    com tanta dedicação!

    beijos

    ResponderEliminar
  6. Maria, vim pegar mais algumas rosas,
    mas não levarei todas as rosas, pois não quero ser egoísta.rs
    Beijos
    Glória

    ResponderEliminar
  7. Que dissertação sobre flores tão belas.....
    Gosto da 'sangue de boi'....Depois disto,parece
    que vou desistir das minhas rosas singelas.....
    Adorei...
    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Não encontro o Post do Barco Navegando?????
    Trocou???
    Beijo

    ResponderEliminar
  9. maria querida,
    vou levar algumas.
    que espetaculo fiz a leitura com muita calma e aprendi muitas coisas.
    que post encantador e com um perfume delicioso.
    bjos com carinho.
    saudades.

    ResponderEliminar
  10. Minha querida Maria
    Que post maravilhoso.Adoro Rosas e são todas lindas.
    Vou levar uma se não te importas.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  11. Amigos fico feliz que tenham gostado das minhas rosas, podem levá-las todas, são um presente para todos os que me visitam e gostam de flores.
    bjs do tamanho do infinito
    Maria

    ResponderEliminar
  12. Amigo Andradarte, eu hoje estive com muitos problemas no blog e tive de substituir várias imagens que tinham desaparecido.
    O Post do Barco Navegando a que se refere e que falta, era apenas uma imagem lateral, ou era um artigo especifico que continha essa imagem?
    Agradeço a sua informação para poder repor caso seja possível.
    bjs do tamanho do infinito
    Maria

    ResponderEliminar
  13. Minha querida
    Agradeço do coração a sua visita. Como já deveria ter reparado, eu não sigo ninguém publicamente. Se todos os nossos seguidores nos comentassem não faríamos mais nada senão responder a comentários. Mesmo assim, já se passam horas intermináveis por vezes e no meu caso com quase 61 anos dias há que nem durmo tentando perceber "como se faz"...o que venho aprendendo é apenas á minha custa.
    Como também aprendi aqui como tratar das roseiras a preceito.
    No espaço onde moro há um canteiro junto ao portão entrada 2 e canteiros de rosas que os antigos donos - e meu proprietário agora - plantaram. Tenho tratado delas, até virem novos inquilinos para a moradia que fica junto ao local.
    Mas li algures que as rosas deveriam ser podadas em Novembro...e no seu post vem referido que apenas 2 vezes no ano - sendo que uma delas na Primavera...então vou fazer isso mesmo.
    Grata por ter aprendido mais um pouco e vou pedir se posso levar algumas para colocar depois no post que farei para o meu aniversário - que é em Agosto e nunca cá estou mas deixo para todos um mimo.
    Adeus minha querida. Aguardo-a com todo o carinho, sempre que queira visitar-me.

    Sempre...
    (E)ternamente...

    Mariz

    ResponderEliminar
  14. Que coisa mais linda essa postagem, eu amo rosas e tenho um blog chamado cantinho das Rosas se vc quizer ir ver o link é: http://anasique.blogspot.com

    Passando para dizer que não te esqueci, estou ausente nesses dias com visitas devido a uns probleminhas, logo, se Deus quizer volta tudo ao normal.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  15. Olá querida
    Estou encantada, amo rosas, todas são lindas.
    Com muito carinho BJS.

    ResponderEliminar
  16. A minha flor preferida :)

    DI

    ResponderEliminar
  17. Ameei essas rosas.Cultivo variadas espécies, e com a experiência que tenho, posso afirmar que estas foram cuidadas com muito carinhos e dedicação. Adorei o site, bjos.

    ResponderEliminar
  18. Linda essas rosas,super chique.
    Forte abraço.
    (artesanato em mdf)
    Faça-nos uma visita quando puder
    acesse: www.centralcaixas.com
    Obrigado pela atenção .

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.