domingo, 23 de maio de 2010

Pink Floyd - On the turning away


On The Turning Away



On the turning away
From the pale and downtrodden
And the words they say
Which we won't understand
"Don't accept that what's happening
Is just a case of others' suffering
Or you'll find that you're joining in
The turning away"
It's a sin that somehow
Light is changing to shadow
And casting it's shroud
Over all we have known
Unaware how the ranks have grown
Driven on by a heart of stone
We could find that we're all alone
In the dream of the proud
On the wings of the night
As the daytime is stirring
Where the speechless unite
In a silent accord
Using words you will find are strange
And mesmerised as they light the flame
Feel the new wind of change
On the wings of the night
No more turning away
From the weak and the weary
No more turning away
From the coldness inside
Just a world that we all must share
It's not enough just to stand and stare
Is it only a dream that there'll be
No more turning away?



Photobucket


Ao Virar as Costas

Ao virar as costas
Aos pálidos e oprimidos
E as palavras que dizem
Que não iremos entender
Não aceite o que acontece
é só um caso do sofrimento alheio
ou você perceberá que está se juntando
Ao virar as costas
É um pecado que de alguma forma
A luz esteja indo para sombra
E jogando sua mortalha
Em tudo que sabemos
Não sabendo como os níveis aumentaram
Levados por um coração de pedra
Perceberíamos que estamos todos sozinhos
no sonho dos orgulhosos
Nas asas da noite
Enquanto os dias tremem
Onde os calados se unem
Num acorde silencioso
Usando palavras que você achará estranhas
E fascinado como eles acendem a chama
Sinta o novo vento da mudança
Nas asas da noite
Não mais dar as costas
Ao fraco e ao exausto
Não mais dar as costas
À frieza interior
Apenas um mundo que todos nós devemos dividir
Não é suficiente parar e olhar
É apenas um sonho onde não haverá
mais viradas de costas?



Photobucket


"Não existe um Caminho para a PAZ. A PAZ é o Caminho" (Mahatma Gandhi)

9 comentários:

  1. Lindo! Lindo! Lindo!
    Parabéns, querida!

    *O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende. O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita, não faz mal*
    by Renata

    Beijos****************
    Bom Dia!!!! Já estou de saída, de costas moídas:)))

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada querida,pela tua simpatia e carinho.
    Para ti uma boa semana e um beijinho...Miuíka

    ResponderEliminar
  3. Lindo amiga.

    Estou na final da Copa Blog e tomei a liberdade de pedir para votar para o meu blog mas fique á vontade, o link da votação está no meu post lá no blog.
    Desde já te agradeço.

    Bom domingo.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  4. Lindo video do Pink Floyd!!!


    Seu blog é super mega....parabéns!!!

    ResponderEliminar
  5. Olá Amiga Maria! Boa tarde,"Ao virar das costas"
    um lindíssimo poema, que tem muito a ver com o momento actual que vivemos no nosso pais. Temos que ir lutando com as armas que temos, pouco vai adiantar,mas pelo menos alivia um pouco a nossa consciência.

    uma boa semana.
    Um beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  6. UMA SEMANA DE MUITA PAZ, QUERIDA O POEMA É LINDO EA AS FOTOGRAFIA TAMBEM, ESSE SEU BLOG É PERFEITO, FAZ BEM AQUEM A ELE VEM, COM TANTAS MARAVILHAS NOS DEIXA COM O ASTRAL EM ALTA. UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

    ResponderEliminar
  7. O amor verdadeiro tem perfume,
    uma doce essência no querer amar.

    "E só extrai esta essência,
    o sábio que sabe vive-lo.
    Porque o verdadeiro amor,
    por si só é a própria essência."

    Joe Luigi

    Uma semana de amor & Paz...M@ria

    ResponderEliminar
  8. Música e poema maravilhosos! Que tenhas uma linda nova semana.
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Uma música soberba, dum grande grupo como há muito poucos hoje em dia. Só analisando em pormenor, como foi feito, é que se consegue perceber o que está por trás desta grande canção. Excelente trabalho. Beijinhos.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.