quarta-feira, 14 de abril de 2010

BENDITOS - Poema de Isabel Machado




Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!



Isabel Machado

 

 

9 comentários:

  1. Minha querida Maria
    Que bela mensagem de amizade...realmente os amigos, são muito importantes.

    beijinhos
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. poema lindo Maria. realmente quem tem amigos tem joias preciosas. eu sou feliz porque tenho amigos.. mesmo virtuais. são muito queridos. porque eu sei que são reais. temos os mesmos problemas, mesmos desejos. e quando falamos( sempre digo falar ) como não dizer que são meus amigos. adoro cada um. espero suas visitas e amo visita-los em seus cantinhos. e vc é uma delas me conquistou com seu jeitinho carinhoso. minha amiga querida.. lindo dia par ti.. beijão

    14 de Abril de 2010 16:32

    ResponderEliminar
  3. Maria, desejo-te um final de tarde repleto de amizade.
    Beijos
    Glória

    ResponderEliminar
  4. Maria querida...amigos são preciosidades... bom demais cultivá-los tal qual o jardineiro que cuida de cada uma de suas flores, com carinho especial...
    Beijos amiga...

    ResponderEliminar
  5. Neste final de dia agradeço esta partilha.
    O meu dia não poderia ter terminado de forma mais encantadora, lendo este post.
    Os amigos são uma benção de Deus
    Uma amizade verdadeira é um tesouro que devemos cuidar em toda a sua beleza e profundidade.

    ResponderEliminar
  6. Quando temops amigos estamos bem e mesmo que eles não apareçam, os sentimos perto!beijos,lindo poema!Linda noite pra ti,chica

    ResponderEliminar
  7. Maria, amo esse poema! Belo! Porem, ja me disseram que o autor nao eh Machado de Assis e nao sei se essa informacao procede. Gostaria muito de saber mas encontro as duas versoes.Voce sabe algo de mais concreto. Abraco.
    Angel

    ResponderEliminar
  8. Respondendo a Angel
    Procurei na net e acabei por verificar que este poema, que circula com o título de "Bons Amigos" não é de autoria de Machado de Assis, mas sim de Isabel Machado. Poderá verificar a veracidade desta informação no site da autora.
    http://isabelmachado10.blogspot.pt/2012/09/poema-benditos-e-meu.html
    Peço desculpa pelo lapso, mas tinha recebido um email e acreditei ser esse o autor do poema, já fiz a devida correção.
    Um abraço
    Maria

    ResponderEliminar
  9. Nao ha necessidade de se desculpar Maria. Aconteceu o mesmo comigo.Coisas da net, mesmo! Acredite ou nao, ja vi ate que parte dele pertence a Shakespeare... rssss. Parei minhas pesquisas neste ponto! Vi o mesmo que voce, sobre a autoria, mas com essa do Shakespeare, ja nao sei mais de nada. Seu blog continua lindo assim como o poema! Abraco.
    Angel

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.