quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Solidão

A tristeza tem a sua hora para todos.
Perdidos na multidão, de repente…
Sentimo-nos sós



Tremendamente sós! Esmagados por uma dor, que por vezes
nem nós mesmos compreendemos.
Reduzidos a nada. Com um peso forte no coração.
E sem brilho no olhar.
Sentimos a necessidade de uma mão amiga, aberta, estendida,
que nos diga que não estamos sós.
Precisamos do olhar de ternura,
de alguém a quem queremos bem,
alguém que nos dê esperança, coragem e confiança.
Alguém que nos dê paz interior, bem-estar e serenidade.
Sim...
Sentimos a falta de alguém,
que nos aqueça o coração e partilhe connosco alguns pedaços da nossa vida,
que nos transmita força para seguir em frente
este percurso por vezes tão complicado de percorrer.
Sim…
Precisamos de alguém,
nem que seja por alguns momentos,
para nos lembrar que não estamos sós.

Autor: Desconheço



"Sozinho mas não solitário, quem tem fé nunca está sozinho." (Thomas Carlyle)

Sem comentários:

Enviar um comentário

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.