sábado, 20 de fevereiro de 2010

A Grandeza do Mar

A GRANDEZA DO MAR

Você sabe por que o mar é tão grande?
Tão imenso?



Tão poderoso?


É porque teve a humildade de colocar-se alguns centímetros
abaixo de todos os rios.



Sabendo receber, tornou-se grande.


Se quisesse ser o primeiro, centímetros acima de todos os rios,
não seria mar, mas sim uma ilha.


Toda sua água iria para os outros e estaria isolado.


A perda faz parte.
A queda faz parte.
A morte faz parte.


É impossível vivermos satisfatoriamente.
Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.


Impossível ganhar sem saber perder.
Impossível andar sem saber cair.
Impossível acertar sem saber errar.
Impossível viver sem saber viver.



Se aprender a perder, a cair, a errar, ninguém mais o controlará.


Porque o máximo que poderá acontecer a você é cair, errar e perder.
E isto você já sabe.


Bem aventurado aquele que já consegue receber com a mesma naturalidade
o ganho e a perda, o acerto e o erro, o triunfo e a queda, a vida e a morte.

Paulo Roberto Gaefke






"Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota." (Madre Teresa de Calcuta)

Sem comentários:

Enviar um comentário

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.