terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

AVC (STROKE) - Como o conhecimento Pode Salvar uma Vida

O saber não ocupa lugar e como a saúde é um bem precioso, tudo o que podemos fazer para prevenir que surjam problemas é importante.

AVC (Acidente Vascular Cerebral) / STROKE
- Lembrar as primeiras 3 letras.... S.T.R.



Ás vezes os sintomas do stroke / AVC ( Acidente Vascular Cerebral) são difíceis de identificar. Infelizmente, a falta de atenção significa desastre. A vitima de AVC pode sofrer danos mentais muito graves quando as pessoas mais próximas falham em reconhecer os sintomas.

É possível RECONHECER um AVC (stroke) fazendo 3 perguntas simples:

S * Pedir ao individuo para Sorrir, no AVC a boca entorta pois verifica-se que um dos lados da boca não mexe.
T * Pedir ele (a) para dizer (Talk) uma frase simples e coerente (ex: Está um dia lindo e cheio de sol), a pessoa terá dificuldade em articular palavras e pensamentos.
R * Pedir para levantar (Raise) os dois braços, a pessoa não tem força para levantar os 2 braços e levanta apenas 1 deles).

Outro sinal de AVC é:
Pedir á pessoa para por a língua de fora... Se a língua estiver torta ou for para um lado ou para outro, isso é indicação de trombose.

Se a pessoa tiver problemas em realizar alguma destas tarefas é sinal de alerta de um AVC, chamar o 112 imediatamente e descrever os sintomas a quem atender.


É crucial diagnosticar o AVC e prestar assistência ao paciente nas primeiras três horas subsequentes.

O socorro é uma corrida contra o tempo. Num AVC, os neurônios só aguentam quatro horas antes de começarem a morrer.

Há uns anos atrás a minha mãe teve um AVC. Aconteceu á noite ela sentiu-se mal, com “formigueiros” e sem força no braço e perna do lado direito, mas como estava a dormitar no sofá, pensou que seria por não estar bem sentada, por isso decidiu ir-se deitar pensando que o problema passaria. De manhã tinha uma consulta de rotina marcada e reparou que continuava sem forças do lado direito, foi à consulta e lá no posto médico, é que identificaram o problema e chamaram o 112, tendo sido de imediato levada para o Hospital.


Ficou com problemas no braço e perna do lado direito, fez fisioterapia recuperou bastante mas não ficou completamente bem. Graças a Deus que em termos cerebrais não houve problemas. No entanto depois deste acontecimento ela tem tido vários acidentes isquémicos, fica parada, com olhar distante e se fizermos perguntas não responde, passados alguns instantes fica normal, a questão é saber se um dia destes não vai ocorrer algo mais grave!

AVC e isquemia

Existem dois tipos principais de AVCs:
O AVC isquémico é provocado pelo bloqueio de um vaso sanguíneo ou de uma artéria por um pequeno coágulo, que obstroi a circulação encefálica impedindo a corrente sanguínea de atingir partes do cérebro e que se dissolve em seguida. A isquemia pode ser definitiva ou temporária. Quando o sangue volta a circular após um curto período de isquemia e o paciente não apresenta sequelas, diz-se que ocorreu um Acidente Isquémico Transitório (AIT). O AIT é um sinal de alerta, um “aviso”, pode ser um indicativo de que, no futuro, pode ocorrer uma isquemia permanente.

Os sintomas mais comuns, que variam conforme a parte do sistema nervoso atingida e geralmente surgem de forma repentina. São eles: fraqueza ou dormência numa parte do corpo, dificuldade em falar, compreender, ler ou escrever, piora súbita na visão, dor de cabeça fora do comum e vómitos, visão dupla, desequilíbrio, vertigem e tontura, convulsão, desmaio ou sonolência, e rigidez na nuca.



O AVC hemorrágico é provocado pela ruptura de um vaso sanguíneo, que leva ao derrame de sangue para dentro do cérebro ou para a área que o rodeia.


Factores de risco:
A melhor forma de prevenir o AVC é identificar e controlar os factores de risco possíveis.

Os factores de risco podem ser modificáveis: hipertensão arterial, tabagismo, diabetes, doenças cardíacas, alterações na coagulação sanguinea, alterações do colesterol, presença de sopro cardíaco.

Outros factores de risco não são modificáveis: idade (a ocorrência aumenta acima dos 55 anos), sexo (homens têm maior risco mas as mulheres vivem mais além dos 65 anos), raça negra, hereditariedade (pessoas da mesma família costumam ter factores de risco em comum).

O que pode causar a trombose do viajante?
Longos períodos de imobilidade tais como os experimentados sentado a bordo de um avião, diminui o fluxo de sangue ao coração, que é justamente potenciado pelos movimentos musculares activos.


Isto pode causar o depósito de fluidos, sobretudo na parte inferior das pernas. O acréscimo da pressão exercida nos tecidos provoca uma redução da circulação sanguínea.

Os acidentes vasculares cerebrais hemorrágicos são eventos súbitos e geralmente devastadores atingindo milhares de pessoas a cada ano.
Por isso é importante Saber/ Reconhecer sintomas, a melhor forma de prevenir é Identificar. Alguns minutos podem salvar uma Vida.

Orkutei.com.br

"A saúde é conservada pelo conhecimento e observação do próprio corpo." (Cícero)

7 comentários:

  1. Meu esposo morreu faz 15 dias vitima do avc e infarto ele tinha 25anos,e nunca reclamou que estava setindo nada ele é de pele negra.

    ResponderEliminar
  2. Lamento imenso a morte do seu marido e espero que Deus a ajude a ultapassar essa dor e ilume o seu caminho.
    Com todo o meu carinho.
    Um beijo
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho 29 anos, pele negra
    Há um mês tive um avc, ñ teve seqüelas físicas mais minha voz sumiu já tem um mês e ñ recuperei estou recuperando ao poço e o que eu ñ sei pronunciar ñ consigo escrever e ler to sofrendo muito me ajudem.

    ResponderEliminar
  4. A 4 meses eu e minha família lutamos pela a vida de uma tia muito querida, que foi acometida de avc hemorragico, onde foi atingido o talámo, está sem andar e sem falar. A tristeza e a dor apesar de muito forte não conseguiu tirar nosso animo de trazer-la de volta ao mais proximo do seu normal, e para isso a cercamos de amor e muito carinho, mostrando sempre que precisamos dela bem...graçs a Deus estamos obtendo melhoras..

    ResponderEliminar
  5. Bem , meu pai infelizmente à 15 dias nos deixou vítima de um AVE hemorrágico ele era etilista e apresentava sinais de insuficiência hepatica, só ñ consigo entender como q essa doença dele pôde evoluir tão rapidamente para um derrame,já que ele ñ era hipertenso até mesmo enquanto em coma seus sinais vitais estavam normais...Fiquei triste por ñ ter percebido o seu problema antes, já que sou estudante de Fisioterapia e a 1 Mês dele passar mal eu fiz uma prova na faculdade sobre AVE.. Isso mexeu muito comigo, talvez se eu tivesse percebido,meu pai estaria aqui comigo... =(

    ResponderEliminar
  6. ja faz um ano q tive um avci com disecção da arteria,tenho 28 anos,sai sem sequelas graves,mais um pouco de desorientação diariamente.

    ResponderEliminar
  7. Minha mae teve 1 avc ano passado, no dia 06.10.2012
    Ela vem de um casamento total infeliz, com 1 homem ( se posso chamar de homem) 1 covarde isto sim, minha mae com 75 anos apanhou varias vezes no rosto, deste monstro, uma mulher q sempre foi digna, honesta, trabalhadora, seu unico erro foi amar quem nao merecia seus sentimentos, como uma filha que lhe roubou todo o dinheiro da poupanca e todo mes fica com todo o dinheiro da aposentadoria da minha mae, para sustentar seus vicios e de filhos, eu infelizmente nao tenho condicoes de ajudar minha mae, mas todos os dias imploro a Deus para que tenha compaixao de minha mae, pois é muito dificil saber que vive no meio dessas cobras, até o apto da minha mae roubaram, peco a Deus que esta que se diz minha Irma, pague com seu sangue tudo o que esta fazendo minha mae sofrer, que cada celula dos corpos dessas cobras se transformem em nada para sentirem e pagarem todo o mal que fizeram a minha mae, quero e vou saber do infeliz destino e futuro destes, tenho fé e aguardo. Amém

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.