quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Saber Viver - Poema de Cora Coralina


Não sei... se a vida é curta
ou longa demais para nós,
mas, sei que nada
do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
o colo que acolhe,
o braço que envolve,
a palavra que conforta,
o silêncio que respeita,
a alegria que contagia,
a lágrima que corre,
o olhar que acaricia,
o desejo que sacia,
o amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais,
mas que seja intensa, verdadeira,
pura enquanto ela durar...

Cora Coralina


2 comentários:

  1. Dito por sua flha Vicência, o poema "Não sei" ou "O sentido da vida", não é de Cora Coralina. Agradeço se me esclarecer para que eu tenha certeza.

    ResponderEliminar
  2. Muito simpático o seu blog... parabéns.... uma bela forma de expressão que só a vivência permite que esses sentimentos sejam colocados de forma tão marcante para todos, pois afinal, no íntimo somos semelhantes.
    Parabéns

    Marli Santana
    Santo André/SP

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.